Ferreira Gullar

O poema acima é considerada a obra mais ousada de Ferreira Gullar,  é um livro escrito em 1975, composto por um poema com mais de dois mil versos. Através dele, o autor resgata sua infância, adolescência e outros fatos importantes de sua vida. O poema surgiu da necessidade de, como ele mesmo afirmou, "escrever um poema que fosse o meu testemunho final, antes que me calassem para sempre". Numa época de forte repressão política, Gullar sentia-se perseguido pela ânsia de rememorar o passado e a dificuldade de expressar, em linguagem poética o universo interior.

 Obra escrita durante o Regime Militar, lida inicialmente pelo autor, na casa de Augusto Boal em Buenos Aires, no ano de 1975, a pedido do poeta Vinicius de Moraes – que gravou o recital e, a partir daí, promoveu uma série de recitais onde os versos eram ouvidos por platéias ecléticas.

"Poema Sujo" é concreto, sem formalismo, é uma espécie de desabafo do autor, longe do seu país e de seu ambiente cultural.O termo “Sujo” do título é já um alerta para uso de palavras de baixo calão, de gírias sexuais.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...