A Menina que Roubava Livros
Autor: Markus Suzak
Editora: Intrínseca 
Ano de lançamento: 2007
Páginas: 500


A narradora da história é a Morte (a própria, que todos conhecem ou que irão conhecer algum dia!).

Liesel é uma menina pobre, que mora em uma cidadezinha alemã em meio ao medo e a pobreza trazida pela guerra e através de seus olhos pueris, vemos o horror de um regime discriminatório e segregacionista e um povo que se cegou frente a adoração a um líder forte e carismático. Ela busca sempre viver uma infância feliz, jogando futebol com seus amigos e aprendendo a ler com seu pai adotivo, o acordeonista Hans, mas a insegurança trazida pela perseguição a judeus e opositores ao regime e o medo trazido pela guerra que iminentemente chegaria a sua pequena comunidade sempre a alcançam.

Para fugir dessa difícil realidade, Liesel recorre aos livros. Mas sua família não tem dinheiro para comprá-los e a solução encontrada por ela é furtá-los! Entre um pequeno e emocionante furto e outro, acompanhamos o dia a dia dessa inteligente menininha, a vida em sua comunidade, sua relação com seu vizinho e melhor amigo, o amor que nutre pelo seu pai, as aulas de leitura no porão de sua casa.

 “A Menina Que Roubava Livros" é um livro emocionante, que nos transporta entre a inocência da infância de uma criança e a realidade brutal e horrorosa de uma guerra, sempre nos lembrando que a felicidade está logo ao nosso lado e que devemos aproveitá-la ao máximo enquanto podemos. É uma obra-prima desse jovem autor australiano, que nos brinda com esta singela história construída no limiar entre a alegria e a tristeza, o amor e a desilusão.






"Inclinou-se, olhou para seu rosto sem vida, e então beijou a boca de seu melhor amigo, Rudy Steiner, com suavidade e verdade. Ele tinha um gosto poeirento e adocicado. Um gosto de arrependimento à sombra do arvoredo e na penumbra da coleção de ternos do anarquista."

Acho que muita gente conhece essas palavras citadas acima, são do livro “A Menina que Roubava Livros”, eu particularmente amei esse livro, amei mesmo de paixão, nunca tinha lido uma história contada com tanta calma e suavidade, a morte apresentou-se de forma serena, tranqüila, paciência e humana, uma “morte” bem diferente do que vimos em outras literaturas, está é muito observadora e atenta aos seres humanos, que se preocupa com seus hábitos e com seu cotidiano, sem com isso deixar de cumprir seu trabalho, buscar e carregar suas almas.

"  EIS UM PEQUENO FATO 
Você vai morrer.
Com absoluta sinceridade, tento ser otimista a respeito de todo esse assunto, embora a maioria das pessoas sinta-se impedida de acreditar em mim, sejam quais forem meus protestos. Por favor, confie em mim. Decididamente, eu sei ser animada, sei ser amável. Agradável. Afável. E esses são apenas os As. Só não me peça para ser simpática. Simpatia não tem nada a ver comigo."






Quando comecei a ler esse livro achei que seria chato ou ate mesmo sem graça, a morte contando uma história? Que idiotice; pois bem, me enganei e muito. Fiquei encantada com o livro e principalmente com os personagens. Liesel Meminger.

Liesel Meminger é a menina que nossa narradora — a morte — encontrou três vezes. A garotinha conseguiu tapeá-la nas três.
Impressionada, a ceifadora de almas decidiu nos contar sua trajetória, pois, como ela mesma diz, em seu ramo de trabalho, o único dom que lhe salva é a distração.
Foi nos livros que Liesel viu a oportunidade de fugir daquilo tudo que a perseguia. Ela esquecia do irmão morto com um olho aberto, no chão do vagão do trem.No abrigo, durante os bombardeios, ela sacudia as palavras para manter todos mais calmos. E longe de mim. Era a sacudidora de palavras.
Espero que assim como eu gostei outros também gostem e se identifiquem com o livro.  E boa leitura a todos!!!



10 comentários

  1. OI gostei do seu blog e obrigada por me add em o livreiro, já conhece o skoob?,lá eu sou Mit , dá uma passadinha.:D

    Eu já li! O livro é ótimo,mesmo falando das mortes na segunda guerra é narrado com poesia e humor.Vale a pena ler!

    ResponderExcluir
  2. Use esse link se for http://www.skoob.com.br/promocao/codigo/348512se cadastrar n skoob!

    ResponderExcluir
  3. Olá Jessica vc me contactou e eu estou aqui!!!
    Amei esse livro, muitas pessoas já leram, aqui e fora do Brasil. Espero que muitos mais leiam.
    Seu espaço ta show!!!
    Salvei em meus favoritos, se me permite venho sempre te visitar!!
    Abç
    Orquidea

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela visita Orquidea, fico feliz q tenhas gostado.

    ResponderExcluir
  5. Olá Mit
    faço parte do Skoobe tbm, pode deixar q vou te procurar por lá.

    ResponderExcluir
  6. Vocês está lendo Assassins Creed? O qque achas da leitura? Está em que parte?

    ResponderExcluir
  7. Olá Cremixer

    Estou lendo e amando, é muito bom. Estou na parte que o Ezio acabou de assassinar Marco Barbarigo.

    ResponderExcluir
  8. Pois é.....gostei...mas...não sei.....preferiria um final mais feliz.....gosto dos finais felizes.....sempre fico meio decepcionada com finais tristes.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Edwiges !!!

      Também esperei por um final mais feliz,poxa ela já tinha sofrido um bocado... mas esse final deu um toque a mais no livro, diferente do esperado.

      Excluir
  9. *------------------* Um dos melhores livros do universo todo!
    sou completamente apaixonada por esse livro! :)


    Mari Siqueira
    http://loveloversbooks.blogspot.com ;*

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...