Dibs: Em Busca de Si Mesmo







Titulo: Dibs: Em Busca de Si Mesmo
Autor: Virginia M. Axline
Editora: Circulo do Livro
Número de páginas: 200 


A obra de Virgínia Axline, narra a trajetória de um garoto de 5 anos de idade, marcado por traumatismos profundos desde o nascimento, e de como encontrou o caminho de volta ao mundo das crianças.

No começo da narrativa, Dibs (nome fictício) não falava de modo algum. Seu comportamento variava em permanecer sentado, mudo e imóvel durante toda a manhã ou engatinhava ao redor da sala, absorto e desligado de tudo e outra vez tinha violentos acessos de raiva. Seria Dibs um retardado mental?
Havia alguma coisa que impedia os professores de classificá-lo devido suas atitudes paradoxais: ás vezes apresentava indícios de retardamento mental, outras vezes realizava suas atividades rapidez e tranqüilidade que evidenciava possuir um nível de inteligência superior. Os pais, no entanto preferiam acreditar que Dibs era um retardado mental a admitir que seu drama fosse causado por problemas emocionais.


Convidada a participar de uma conferência na escola de Dibs, D. Axline tem a primeira noção do que era Dibs, e aceitou o desafio de ajudá-lo no encontro consigo mesmo, usando a técnica de ludoterapia


                "A Ludoterapia é a psicoterapia adaptada para o tratamento infantil, através do qual a criança, brincando, projeta seu modo de ser. "




Resenha:

Li esse livro pela primeira vez a uns 25 anos atrás , ainda não se falava da inclusão social de crianças com qualquer tipo de deficiência , fossem dislexia, hiperatividade, surdez... Enfim,  foi meu primeiro contato com a psicologia, mas não se intimidem esse livro não é de cunho didático, embora a autora, realmente cuidou de Dibs  e nos relata passo a passo a convivência que teve e ajuda que  lhe proporcionou seu desabrochar para a vida.

Dibs é uma história fascinante, comovente, emocionante e real. Fiquei muitas vezes indignada com o tratamento familiar dispensada a uma criança de apenas 5 anos de idade, que além de não lhe darem atenção , usavam termos pejorativos  sempre que se falava dele ou se dirigisse a ele.
E no entanto e com tudo se mostrando o contrário ele não era um retardado mental e sim , o que provou mais tarde, era um gênio preso no emaranhado de suas emoções.

Esse livro deveria ser lido por todos, até por que é uma história envolvente , prazeroso e de fácil leitura, mas principalmente por pais e educadores.
Foi escrito a mais ou menos uns 40 anos, porém, atualíssimo no sentido educativo e humanitário.



Ótima leitura!!!





O vídeo foi desenvolvido em Flash 8 para apresentação de um seminário de um grupo do curso de psicologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. A música usada foi Somewhere Over The Rainbow, de Israel Kamakaiole.




Postado por Márica Lopes Assis.


3 comentários

  1. Hum amei esse livro , faz tanto tempo , lembro que me emocionei com ele, eu tinha mas sumiu, acho que pra comprar agora só em sebo , hein. òtima resenha!:D

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha Ma , qdo der pra eu dar um pulo aí ,quero emprestado! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha e com certeza quero muito ler, principalmente depois de ter discutido sobre ele com a Márcia. Parecer ser muito bom.

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...