O Vampiro que Descobriu o Brasil

"Das caravelas a Brasília, uma viajem por 500 anos de história."





Autor: IVAN JAF
Editora: Ática
Ano: 2002
Número de páginas: 128


Quando tinha 13 anos minha mãe me incentivou a ler “ O Vampiro que descobriu o Brasil” e até hoje lembro perfeitamente dos detalhes do livro e de como fiquei presa na história.


Esse livro é uma ficção/terror, transformado em um delicioso e divertido livro infanto- juvenil. Além de termos uma aula de história e de nos encontrar com várias personalidades ainda podemos contar com muitas risadas e situações engrassadisimas vividas pelo protagonista.

Com esse livro temos a oportunidade de presenciar a primeira missa rezada em solo brasileiro por Frei Henrique Soares de Coimbra, passando pelo nascimento da primeira capital do país, Salvador, o Período Regencial, a Independência e até a Proclamação da República.O livro cobre 500 anos de história do Brasil até 1999, quando inicia o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso como presidente, nesse percurso Antônio Brás vai vivendo e interagindo com alguns personagens históricos como Tiradentes e Getúlio Vargas.


“O vampiro que descobriu o Brasil” é daqueles  livros que num primeiro momento não nos chama a atenção, mas depois ficamos preso desejando que a história não chegue ao fim. Há cada página virada temos um novo aprendizado. 

 ***

Na Lisboa de 1500, o taverneiro Antônio Brás vivia tranquilo até o dia em que foi atacado por um Cliente raivoso que o mordeu no Pescoço. Poucos dias, Coisas estranhas começam a acontecer…Até que ele descobre: foi transformado em vampiro pelo enigmático Velho, criatura sedenta por sangue e poder.


Para Antônio, porém, a vida eterna não vale uma lasca de bacalhau frio no azeite. Obcecado por voltar à sua condição natural, descobre que é preciso matar o dito cujo que o criou. Mas como encontrá-lo?O grande acontecimento da época é a viagem da esquadra de um certo Pedro Álvares de Cabral, e Antônio – pressentindo os passos do inimigo – parte de sua jornada. Em solo brasileiro, os anos se passam sem que pareça possível pegar o Velho.

O maldito muda de corpo com frequência, instalando-se em nobres e políticos importantes. Enquanto não encontra a paz da mortalidade, Antônio vê sua história se entrelaçar com a da terra que ajudou a descobrir.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...