Série: Os instrumentos mortais
Autor (a): Cassandra Clare
Editora: Galera

Cassandra Clare conseguiu me enfeitiçar com essa trilogia maravilhosa, me encantei com Jace, Clary, Simon, Isabelle, Luke e todos os outros personagens, todos fascinantes e corajosos, com uma pitada de sarcasmo e amor ela constrói uma ligação linda entre eles, de todos os personagens Luke foi o que mais me chamou atenção, ele é carismático, cuidadoso e tem uma história incrível.
Com uma história bem amarradinha e com vários segredos que vão sendo descobertos a cada livro, Cassandra Clare consegue nos levar literalmente para um mundo mágico chamado, Idris, onde os caçadores de sombras lutam lado-a-lado com vampiros, lobisomens e fadas com objetivo de destruir um inimigo em comum, Valentim.

O melhor de tudo foi encontrar uma heroína que não é bobinha e fica parada esperando as coisas acontecerem, Clary é corajosa, mesmo estando sozinha em alguns momentos e cercada por pessoas desconhecidas ela não desiste de enfrentar as dificuldades, pra ser sincera ela é ate um pouco “pra frente” agindo ate mesmo por impulso.  Mesmo tendo um triangulo amoroso ( Simon, Clary e Jace) a história não cai no romantismo bobo.

A série não acaba com o terceiro livro A Cidade de Vidro, mas calma... tudo que começa no 1º volume é resolvido, os livros seguintes tem os mesmo personagens mas com outro foco.
A cada livro novas surpresas.




 CIDADE DOS OSSOS
Título Original: City of Bones
Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 462 páginas
Editora: Galera


Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir à Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. 

Esse primeiro livro não me empolgou muito, achei um pouco parado, mas se tratando do primeiro livro de uma série achei normal, a meu ver foi realmente uma introdução, com a missão de apresentar os personagens e o enredo. Ainda bem que tomei coragem e fui em frente, pois o livro é bom e a série é maravilhosa. 


CIDADE DAS CINZAS
Título Original: City of Ashes
Ano de Lançamento: 2011
Número de Páginas: 406 páginas
Editora: Galera

Jace parece determinado a deixar todos ao seu redor enfurecidos. O caçador de sombras já é visto com desconfiança, pois seu pai, Valentin, quer dominar o mundo. Além disso, triângulos amorosos surgem, vampiros renascem e angústias adolescentes florescem em seu grupo de amigos. 

 Comecei esse segundo livro com o pé atras já que não tinha me simpatizado muito com primeiro, não estava muito empolgada ate chegar na metade do livro e vê que a história estava se desenrolando bem. Da metade do livro em diante não conseguia mais parar. O melhor de tudo é o final que nos deixa ansiosos pela continuação e com uma dúvida tremenda nos fazendo pensar em apenas uma coisa ''Oh, Meu Deus! não pode ser''



CIDADE DE VIDRO
Título Original: City of Glass
Ano de Lançamento: 2011
Número de Páginas: 476 páginas
Editora: Galera
                        
 Em busca de uma poção para salvar a vida de sua mãe, Clary deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras. Mas à medida que se aproxima de Ragnor Fell, o feiticeiro que pode curar a mãe, ela descobre segredos sobre seu passado e o de Jace - e o irmão não hesita em deixar claro que não a quer por perto. Isso Clary já entendeu, ela só não imagina que está prestes a participar de uma batalha épica, na qual Caçadores de Sombras e integrantes do Submundo terão que se unir se quiserem sobreviver. 

 “Nem tudo que é verdade precisa ser dito.” (Clary)

Nesse terceiro volume nos deparamos com vários segredos sendo revelados. De todos os três foi o que mais gostei, a forma como tudo foi se juntando e o fato dos personagens estarem mais “maduros” foi realmente fantástico. Com uma mudança de cenário a história nos leva de Nova York para Idris, e para uma aventura ainda mais eletrizante. Espero que a continuação da série seja ainda mais surpreendente, pois esse terceiro volume fechou a trilogia de forma magistral.







Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...