RESENHA

A DISTÂNCIA ENTRE NÓS


BOMBAIM, ÍNDIA. Duas mulheres. Duas vidas. Dois destinos que poderiam ser um só. Sera e Bhima estão indiscutivelmente ligadas, seja pelo silêncio ou pela cumplicidade. Mas ao mesmo tempo estão distantes, separadas por uma fronteira intransponível. Como se o fio que as une não fosse forte o suficiente para agüentar uma descarga elétrica, força que parece definir a sorte e a tragédia da patroa e da empregada. Duas vidas marcadas pela decepção, enganadas pela traição, sujeitas a uma sociedade cruel cuja voz berra e marca a fogo a existência dessas mulheres. A Distância Entre Nós é um romance avassalador, envolvente, intenso. Você não conseguirá parar de lê-lo, e não será o mesmo quando alcançar a última pagina. Acredite.
  

"Talvez o tempo não cure as feridas de jeito nenhum, talvez essa seja a maior mentira de todas. Em vez disso, o que acontece é que cada ferida penetra mais e mais fundo no corpo até que um dia você descobre que a própria geografia dos seus ossos sucumbiu sob o peso das mágoas."

"Mas, se isso é verdade, talvez o corpo também se lembre de cada gesto de bondade, de cada beijo, de cada ato de compaixão. Certamente essa é nossa salvação, nossa única esperança, a de que a alegria e o amor estejam também entremeados no tecido do corpo, no vigor de cada músculo, no cerne de cada célula pulsante."





O livro conta à história de vida de duas mulheres muito fortes, a empregada Bhima e sua patroa Sera, narrando suas dificuldades e a influência que uma teve na vida da outra. Unidas pelos laços femininos e separadas pelo poder econômico, por castas e principalmente por uma traição.


O livro mostra como as mulheres indianas são oprimidas por uma sociedade machista e preconceituosa, que muitas vezes se calam por medo e por falta de instrução. Sera é uma mulher instruída, criada com mimos pelos pais e de uma casta elevada, enquanto Bhima é pobre, analfabeta e de um casta inferior, apesar das diferenças essas duas mulheres estão ligadas pelo sofrimento, por casamentos e sonhos que não deram certo. Bhima vê seu casamento dos sonhos desmoronar após seu esposo sofrer um acidente de trabalho e se afundar no alcoolismo. E Sera vai de mulher instruída à viúva amargurada depois de viver anos com um esposo psicologicamente instável, que a espanca frentemente. Bhima dedica sua vida a cuidar de sua neta,que está na faculdade com a ajuda de Sera, mas um golpe do destino por assim dizer, muda tudo, e o peso da traição fala mais alto acabando com uma amizade de anos.


As histórias indianas sempre me encantaram e com esse livro não foi diferente, não considero uma história bonita ou alegre, é um livro triste que mostra a dura realidade de um país onde as mulheres são menosprezadas. Considero uma ótima história, não possui grandes acontecimentos e nem muitos personagens (os que tem são bem marcantes), é narrado de forma tranqüila e sem pressa fazendo uso de vários Flashbacks para melhor entendimento do leitor. É uma leitura que nos ajuda a entender um pouco mais o que acorre do outro lado do mundo, muitas vezes essas mulheres aceitam o que é imposto por medo, não por suas vidas, mas pelos filhos e ate mesmo por medo da sociedade que vivem. Sugiro esse livro para todos, principalmente para aquelas pessoas que gostam de conhecer novas culturas através dos livros :)



~Jéss

3 comentários

  1. Oi Jéss o/
    Vi esse livro outro dia na loja e pensei em comprar só porque vi o post da resenha aqui, mesmo sem ter lido; mas acabei não comprando porque achei parecido com "A Cidade do Sol". Então, o que me diz? Tão bom quanto? Completamente diferente? Parecido? @.@ hahahahaha

    Bjs :**
    Ju!

    http://julicronicas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju!!!
      Eu achei muuuiiito diferente... a única coisa parecida é que envolve a história de vida de duas mulheres e ainda assim não dá pra comparar... Eu ainda prefiro A Cidade do Sol que é um dos meus livros favoritos :)

      Excluir
    2. Então, na próxima vez que passar por ele não vou deixar na loja hahahahaha
      Eu comprei "Cruzando o Caminho do Sol" já leu? Não sei porque não consigo evitar de perguntar se parece com esse xD
      Ah! "A Cidade do Sol" também é um dos meus favoritos *-*

      Bjs :***

      Excluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...