Jogos Vorazes – A Esperança (parte I)



"O que falar desse LiVrO que eu mal CoNhEçO e já considero PaKas?" - essa é a frase que resume tudo que eu senti ao sair do cinema ontem. Na resenha de hoje serei breve para evitar dar spoilers =]

Antes de mais nada, queria deixar bem claro que para mim esse foi o livro menos legal da trilogia e assim se seguiu o filme... Sinceramente, fiquei até um pouco desapontada depois de ver tantos fãs passando mal ao sair do cinema. Se já era fã, não sabia o que ia acontecer no final?! rs (Gente fazendo muito drama.) Parado e com poucas cenas de ação, esse é um longa onde vemos o outro lado da história: a luta pela sobrevivência do lado de fora da arena, à qual todos os distritos tem de se unir contra a opressão imposta pela capital.




ATENÇÃO! Não estou dizendo que o filme é ruim, ao contrário (achei que nunca na vida ia dizer isso), achei ele melhor até do que o livro! Conseguimos praticamente sentir a dor e a vontade de lutar por liberdade que aquelas pessoas sentiram. Podemos ver a evolução da nação e da própria Katniss (Jennifer Lawrence deveria ganhar outro Oscar por esse filme) que ao sair da arena sem o Peeta, deixa de ser aquela menina apenas raivosa, mas também frágil e traumatizada, mais humana.

Falando no nosso padeiro favorito... Por mais que Josh Hutcherson não me convença, ele ganhou bons créditos extras com esse filme: nunca vi nenhum ator se dedicar tanto à um papel quanto ele tem se dedicado ao Peeta Mellark. Acredito agora, que nenhuma outra pessoa teria sido tão perfeita quanto ele e a hora de se mostrar capaz profissionalmente finalmente chegou! Até fiquei com dosinha dele quando ele apareceu todo machucado após a tortura:



Acredito que um dos momentos mais emocionantes do filme, e quem assistiu vai concordar com comigo, é quando a Katniss após visitar o que sobrou do Distrito 12, canta "The Hanging Tree" enquanto centenas de pessoas se juntam à cantoria. Isso com certeza trouxe fortes chuvas aos olhos dos leitores atentos durante a leitura e agora durante o filme...



“A Árvore-forca

Você está, você está
Vindo para a árvore?
Onde enforcaram um homem que dizem ter assassinado três
Coisas estranhas aconteceram aqui
Não seria estranho
Se nos encontrássemos à meia-noite na árvore-forca

Você está, você está
Vindo para a árvore?
Onde o homem morto clamou para que seu amor fugisse
Coisas estranhas aconteceram aqui
Não seria estranho
Se nos encontrássemos à meia-noite na árvore-forca

Você está, você está
Vindo para a árvore?
Onde eu disse a você para correr então nós dois estaríamos livres
Coisas estranhas aconteceram aqui
Não seria estranho
Se nos encontrássemos à meia-noite na árvore-forca

Você está, você está
Vindo para a árvore?
Use um colar de corda, lado a lado comigo
Coisas estranhas aconteceram aqui
Não seria estranho
Se nos encontrássemos à meia-noite na árvore-forca”





Antes de encerrar a resenha (que eu prometi que seria curtinha) gostaria de comentar sobre os aspectos gerais do filme: a falta de trilha sonora em algumas partes + a escuridão envolvendo todas as cenas fizeram uma incrível diferença no efeitos em geral! Ele não só soube inspirar os fãs devotos do livro, como comoveu toda uma geração de novos leitores o que me faz pensar que The Hunger Games têm tudo para ser um "novo" Harry Potter, que levará gerações inteiras ao cinema =]

Um beijinhu!

    
                                    
Nos Acompanhe: 


Raíssa Canhoto



11 comentários

  1. Olá Jéssica, como vai?
    Poxa, várias pessoas já assistiram e eu aqui chupando dedo hahaha :(.
    Fico muito feliz que tenha gostado, principalmente por ter achado até mesmo melhor que o livro. Coisa que eu não duvido, porque as cenas estão maravilhosas!
    Espero assistir em breve e saber se realmente é bom mesmo!
    Adorei a sua opinião.
    Beijos e sucesso.
    chuvaelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haaa! Pegadinha do Malandro!! Quem escreveu na verdade fui eu =P hsuauhsa Não deixe de ir ao cinema para prestigiar esse trabalho incrível, pois as continuações só existem por nossa causa =]
      Beijos e volta logo!

      Excluir
  2. Oiê... como vai???

    Eu vou assistir Esperança parte 1 dia 29/11 e não vejo a hora... eu nem sei o que esperar do filme, porque só li Jogos Vorazes... e quero e pretendo ler toda a série até o ano que vem rsrsrs... mas adorei tudo o que colocou... e também acho um exagero esses fã passarem mal nada haver isso... nossa fixo perplexa com esse tipo de atitude, mas enfim.... tem louco para tudo rsrsrs só quero assistir e me emocionar... e amar o filme... Xero!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diana, vou te contar um segredinho: os livros costumam ser melhores do que o filme, mas essa trilogia esta bem pau-a-pau!
      Realmente espero que goste do filme e se divirta!
      Um xeeeroo pra vc tmb!

      Excluir
  3. Olá!
    Estou super ansiosa para assistir!
    Tinha visto todo mundo falando extremamente bem sobre o filme, mas confesso que gostei da sua resenha, por ser digamos "realista" sem aquele "véu de maravilhas" que todo fã enxerga.
    Essa música da Katyniss é emocionante, só de ouvir, me arrepiei, imagina quando for assistir ao filme? rs
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, fã de livro é um bixo muito louco né não?! Ví várias reportagens de pessoas que desmaiaram ou que morreram de tanto chorar... meu namorado já ficou com vergonha pq eu fiz o sinal do tordo qnd a Katniss fez, imagina se rolasse um escândalo?! HAHAHAHA Juro, acho que a produtora paga esses fãs, não é possível. rs

      Beijos

      Excluir
  4. Raíssaa eu amei seu texto!!!!!
    Também achei melhor que o livro, pq o filme não perdeu muito tempo no sofrimento da Katyniss, como acontece no livro. A cena da represa com essa música foi a melhor. Gostei muito do filme pq conseguiu despertar tudo o que senti enquanto lia.

    Bjs
    Jéssica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh Jeh, você é uma linda mesmo! s2 NIsso você tem razão... achei o livro tão maçante que quase fiquei doente junto com ela! Ainda bem que este nos deu vontade de lutar :3

      Beijos

      Excluir
  5. Concordo e penso como vc, assisti sabdo e assim como vc o livro foi o que menos gostei, mas Lawrence deu um show de interpretação, fui as lagrimas com ela durante o filme todo
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Estou super afim de ver este filme e espero me surpreender.
    Já li os livros e mesmo sabendo de tudo sempre tem algo diferente né.

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...