RESENHA: In Nomine Patris - livro 1


Jullian Bergamo é um padre missionário que realiza trabalhos para a igreja católica. Mas não um padre comum. Ele é um venator: um membro da igreja especialmente treinado para caçar e eliminar demônios. Após ser transferido de sua antiga comunidade para a cidadezinha de willinghill, Jullian depara-se com um caso singular: pessoas mortas levantando-se de suas tumbas e vagando livres pela cidade. Logo ele conhece a origem do problema: o Mormo, um terrível demônio necromante que possui cadáveres e os transforma em violentos mortos-vivos. Munido com sua fé e coragem, o jovem padre enfrentará um dos casos mais marcantes de sua trajetória como venator: eliminar o mormo, enquanto tenta sobreviver às hordas de mortos-vivos que farão de tudo para devorar cada pedaço de sua carne. (Skoob


***
In Nomine Patris me conquistou já pela capa, quando vi no facebook do autor fiquei imaginando o que teria por trás de uma capa tão misteriosa, e graças ao BT do Arca Literária, eu tive a chance de ler e resenhar esse livro fantástico para vocês. Jullian Bergamo não é um padre comum, ele é um venator, treinado para caçar e eliminar demônios. Por causa de seu trabalho, não costuma ficar muito tempo em uma mesma cidades e assim ele vai parar na cidade de Willinghill. Assim que chega Jullian é chamado para solucionar um caso bem estranho, na verdade muito estranho e nojento. O menino Adrian Mosley aparece na casa de seus pais dias após seu enterro, o que Jullian não esperava era que uma mentirinha por parte dos pais do garoto, o fizesse cometer um erro na hora de expurgar o demônio, que na verdade não era um demônio comum, era um: Mormo.

Com apenas 134 páginas In Nomine Patris é um livro curto, de leitura rápida, dinâmica e muito bem escrito. Décio Gomes possui uma escrita precisa, sem enrolação e falas desnecessárias, o livro possui algumas cenas de terror bem nojentas e assustadoras, para quem gosta desse estilo de livro esses adjetivos são um elogio e tanto. O autor conseguiu me deixar assustadinha em alguns trechos e até lembrei do livro A Hora do Vampiro, de Stephin King, os dois livros despertaram sensações parecidas em mim. O único defeito do livro é seu tamanho, Jéssica o livro tem continuação, não importa queria continuar lendo a história sem interrupção rsrs. O que me deixa feliz é descobrir mais um escritor nacional super talentoso conseguiu em 134 páginas criar o começo de uma história perfeito e sem aquela cara de livro introdutório. In Nomine Patris tem mistério, ação, terror e muita tensão.







Autor: Pernambucano, nascido na cidade de Caruaru, laçou seu primeiro livro, Albertine, em Junho de 2012, e desde então vem ganhando destaque no ambiente literário indie do Brasil. Albertine entrou na lista de concorrentes ao Prêmio são Paulo de Literatura como melhor livro do ano, na categoria autor estreante.







Nos Acompanhe: 





17 comentários

  1. Oi Jéssica, tudo bem? Não conhecia nem o autor e nem o livro, mas gostei bastante da premissa da história. Também achei legal a objetividade do autor que você comenta, de fato não tem necessidade de enrolar tanto nos livros, como muitos fazem!

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Apesar de não conhecer o livro/autor, me interessei bastante pela história. Gosto de livros com essa temática e pela sua resenha o autor soube conduzir muito bem a história.
    Com certeza lerei, se tiver oportunidade.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa adoreiiii!!!!
    Muito envolvente e empolgante, adoro histórias assim.
    Bjs
    www.satisfashionbrazil.com

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Não conhecia esse livro, mas não fiquei muito curiosa para ler, não. Terror e coisas do tipo não são comigo...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Wooow, agora me senti com sorte, flor! (haha)
    Eu adquiri o e-book desse livro gratuitamente na Amazon. Agora sei que a leitura vale a pena... É a primeira resenha que leio a respeito dele, mas confesso que tinha escolhido baixá-lo porque a sinopse e a capa realmente me atraíram. Meu desejo em lê-lo só aumentou com a sua opinião, flor! (rs)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Jéssica.
    Eu não conhecia o livro, mas gostei de saber que o autor é daqueles que vai direto ao ponto, não fica querendo encher linguiça e assim aumentar o número de páginas, ponto pra ele. Só achei uma pena que seja uma história assustadora, e não curto nenhum um pouco terror rsrs.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  7. Oi Jes!
    Olha, o nome é bem diferente *-* E a capa muito legal,mas essa pegada meio terror em algumas cenas, não me dá muita vontade de ler. Não gosto muito sabe, tenho um certo temor quanto a esse gênero.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. Ola Jess a capa é bem instigante e misteriosa , gostei da premissa do livro, que mistério esse Padre terá que resolver. E nossos talentos nacionais vão se destacando. Vou baixar na Amazon para ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia o livro, parece interessante, a premissa me chamou atenção, ma não sei se leria agora
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adoro livros curtinhos de leitura fácil e dinâmica. Parece mesmo ser uma ótima pedida.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá, como vai? Mesmo parecendo ser um livro muito bem escrito, não sei a premissa não me cativou, na verdade não senti vontade de ler este livro.
    Mas que bom que gostou e parabéns pela resenha.
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Realmente muito interessante o livro, a capa ficou show!
    Achei que tem um toque de Constantine no enredo e eu adoro Constantine, percebi que mesmo com poucas páginas o autor conseguiu construir um história bem dinâmica.

    Abraço,
    Diego de França
    www.leitorsagaz.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olááá :D
    Não conhecia o livro e também não lembro de já ter lido algo a respeito do autor, então este é meu primeiro contato com a obra e confesso que a primeira vista gostei bastante.
    Gosto de histórias diretas e que não fique jogando na minha cara informações desnecessárias :D

    bjs
    http://www.confraria-cultural.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Jéssica,
    É bom ver que os autores nacionais estão com trabalhos de ótima qualidade, eu li este livro e concordo em tudo com você. Talvez a maior qualidade seja a concisão, não enrolar muito, e isso eu gosto em um autor, vai direto ao ponto. às vezes se prender muito a detalhes deixa a leitura lenta,e isso o Décio não faz, a leitura é dinâmica, rápida, como em um filme. Há momentos em que você fica sem fôlego com a ação.
    bjs

    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oiee, tudo bem? Não conhecia o livro e achei bem interessante, apesar do livro ser deste tema eu acho que leria, não sei, sua resenha me deixou bastante curioso rs, acho que arriscaria a leitura, adorei a dica rs, Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    A capa é muito bonita mesmo, mas apesar de a história ser interessante, não me animou muito para ler. Não gosto desse estilo. Mas sua resenha está maravilhosa.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá Jéssica, tudo bem?

    Morro de curiosidade pelo livro. Acho a arte da capa lindíssima e já vi algumas resenhas bem positivas. Pretendo adquiri-lo em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...