[RESENHA] O último homem do mundo




Autora: Taís Cortez // Ano: 2014 // Páginas: 224 // Editora: LER editora 

Classificação


Amanda é uma garota rebelde e problemática. Filha de Patrícia Oliveira, uma atriz mundialmente famosa, ela se ressente do comportamento da mãe, que trabalha demais e dedica seu pouco tempo livre para namorar. Depois de ser expulsa dos três últimos colégios, Amanda é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Determinada a conseguir mais uma expulsão, ela é capaz das maiores loucuras, mas seus planos acabam sendo frustrados por suas colegas de quarto, por uma inspetora intrometida e um diretor paciente. Lá ela também conhece Ricardo, o garoto mais popular e mulherengo do colégio. A atração entre eles é imediata, mas isso não impede que se odeiem ferozmente e que façam de tudo para prejudicar um ao outro. No entanto, o destino os forçará a unirem forças por um bem maior, e Amanda perceberá que, às vezes, o último homem do mundo de sua consciência pode ser justamente aquele que seu coração decide escolher. (Skoob)



Amanda, adolescente e rebelde não aceita que sua mãe Patrícia, uma famosa e ocupada atriz, a “abandone” em um colégio interno. Não que tivesse muita escolha, Amanda foi expulsa de vários colégios por causa de seu comportamento desobediente, e sua mãe acredita que no Educação de Elite uma renomada escola de São Paulo onde só estudam os filhos de famosos e importantes empresários, Amanda terá a educação que precisa.


As coisas não saem como esperado e Amanda fica furiosa com sua mãe e todos do colégio, depois de arrumar mil maneiras de ser expulsa ela começa a desistir quando percebe que não é tão horrível como imaginava. O último homem do mundo retrata um ambiente juvenil, com jovens indecisos, confusos e até mesmo problemáticos, que no curso do livro vão se descobrindo. Ricardo (Aaaahhh Ricardo!! #suspiros ♥), um garoto que a princípio não gosta nadinha de Amanda e ela muito menos dele, o que os dois não sabiam é que o ódio e o amor andam de mãos dadas.


No começo percebi uma semelhança com a novela mexicana, Rebelde, mas depois a história ganhou seus próprios contornos. A autora nacional Taís Cortez trouxe uma história leve, divertida e um romance de arrancar suspiros. O que mais gostei é que o romance evolui aos poucos, nada acontece de forma surreal, os personagens vão se conhecendo e se permitindo conhecer um ao outro. Mesmo sendo tão jovens possuem problemas em suas vidas que fazem com que usem máscaras para esconder o que sentem, neste ritmo vamos crescendo com Amanda e Ricardo que aprendem que nada e nem ninguém é exatamente o que parece, e por isso não devemos julgar antes de conhecer.


A escrita da Taís é muito boa e acolhedora, não dá vontade de parar de ler, tanto que li tudo em uma noite. A história não tem enrolações e apesar de ser um romance não é meloso e muito menos cansativo, segue um ritmo acelerado com vários acontecimentos até o final. Taís Cortez me conquistou com seu romance e claro com o fofo lindo do Ricardo.


AUTORA: 
Nasceu em Campinas, interior de São Paulo. Formou-se em Relações Internacionais e fez bidiplomação em Economia na FACAMP.

Fascinada desde criança por histórias de romance, mistério e poderes sobrenaturais, foi natural que, propondo a si mesmas escrever o livro que gostaria de ler, esses elementos estivessem presentes em sua primeira obra, "Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo", lançada em agosto de 2013 pela editora Chiado e vendida pela livraria Cultura.

Em dezembro desse mesmo ano, lançou seu segundo livro em E-book pela Amazon: "O último homem do mundo", uma deliciosa comédia romântica. Durante o período de 5 dias o livro esteve em promoção para ser baixado gratuitamente, alcançando a primeira posição no ranking dos 100 mais baixados grátis.







19 comentários

  1. Se eu já não tivesse lido algo da autora, essa parte de parecer meio "Rebeldes" me faria desistir de ler. Mas adoro a escrita da Tais e acredito que ela realmente conseguiu colocar sua identidade na trama.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente tenho que confessar que comprei o meu livro com a autora
    e estou esperando um momento certo para fazer a leitura, porque primeiramente estou colocando as leituras das editoras em dia sabe? Mas tipo, eu fiquei bastante entusiasmada porque Tais disse que tirou a inspiração de Diego e Roberta do RBD diferentemente do que minha amiga Andressa ai pensou hahahaha...Mas mesmo assim estou doida para ler a história, porque o romance deve ser lindo e eu sou apaixonada por um e espero gostar bastante xD

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-o-substituto-serie-ordem-da.html

    ResponderExcluir
  3. Olá; ainda não li o livro e gostei muito da sua resenha. Por coincidência, atualmente estou lendo outro livro da Taís: Golfinhos e Tubarões, e estou apaixonada pela história, tanto que quero ler também O último homem do mundo.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Adoro romances assim onde se apaixonam aos poucos e que não se apaixonam de uma hora para outra. Como não vi Rebelde to louca pra ler esse livro e conferir. Adoro quando os dois se odeiam mas acaba acontecendo uma paixão. Essa capa esta lindaaa. Já quero ler e resenhar ele :D

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Parece interessante, romances sem enrolação são os melhores.
    Eu adoro que a literatura nacional tá evoluindo e alcançando mais público.
    Gostei da referência à rebelde, acho que se tiver oportunidade leria o livro ^^

    ResponderExcluir
  6. Oii!!
    Esse livro parece ser bem legal.
    Amo livros nacionais e valorizo ao máximo nossos autores.
    Adorei sua resenha!!

    Estou seguindo o blog e suas redes!
    ;*

    www.saladadelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir

  7. Tem tempos que é para eu ler Taís Cortez, já até falei isso pra ela, mas nada de cumprir minha promessa. Mas o livro que tenho interesse é Golfinhos e tubarões, que também, pelas resenhas que eu li, tem fortes referenciais a outras obras.
    O Último homem do mundo não me atrai muito, mas se eu tiver oportunidade, claro que o leio, sem problemas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Jéssica, eu sou curiosa por ler esse livro da Tais, já tive a oportunidade de ler Golfinhos e Tubarões, que tem uma proposta um tanto quanto diferente e agora fico curiosa.
    beijos.
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Tenho muita curiosidade de conhecer a escrita da Tais, que todos dizem ser ótima!
    Quando comecei a ler a resenha, também achei semelhante com Rebelde, mas que bom que a história tem suas características próprias e que o envolvimento dos personagens evolui aos poucos, sem ser surreal.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  10. Oi Jéssica, tudo bem?
    Esperando o livro chegar aqui (participando do book tour).
    Adoro romances leves como O Último Homem do Mundo e acho que vou adorar a história.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  11. Eu queria ter gostado desse livro mais do que eu realmente gostei. Achei o enredo bem fraco para o que eu estava esperando, os personagens eram previsíveis e realmente o romance não me convenceu. Estou louca para ler Golfinhos e Tubarões dessa autora pra ver se gosto mais.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Jessica!!
    Nossa q leitura mega rápida, 1 noite? O.O
    Apesar de ter gostado muito de rebelde na época rsrsrs, hj acho q n ia gostar mais, bom q dps a trama caminha c suas próprias pernas, realmente achei o enredo legal e parece q a protagonista tem um super amadurecimento durante a história né?
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  13. Oiii, Jéssica
    Obrigada pela linda resenha! Adorei :)
    Fico feliz q tenha gostado e...uau..vc leu mega rápido! rss
    Amei os comentários com relação a minha escrita, o ritmo da história e, claro, sobre o Ricardo rsss
    Bjsss
    e sucesso ao blog!

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bom?
    Quando li outras resenhas da história também achei a premissa parecida com a novela rebelde. Parece ser uma história juvenil bem interessante e meio clichê.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oiii, tudo certo?
    Um romance sem enrolação e rapidinho de ler, já quero! A premissa do livro me chamou muito atenção e seus comentários sobre ele me deixou ainda mais curiosa. Personagens de personalidade forte sempre dão muito o que comentar, não é?
    Amei a resenha.
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    Estou participando de um book tour para ler o livro.
    Essa história me pareceu um tanto clichê e provavelmente vou gostar bastante da leitura, era fã de rebelde e percebi que tem algumas semelhanças, mesmo sendo poucas, outro ponto que me chamou atenção foi o desenrolar do romance, que foi aos poucos.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos



    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  17. Oii
    Sempre ouço falar muito bem da escrita da Tais mesmo e com você não foi diferente. O que me desanimaria é saber que parecida com Rebedes, porque eu não gosto rs
    Mas a sua resenha me anima ler, quem sabe!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá.
    Também li o livro recentemente e virei fã da autora.
    Adoro este tipo de romance, juvenil, Jovem adult é claro que não poderia deixar de gostar deste. O ultimo Homem do Mundo tem uma narrativa leve, mas que ao mesmo tempo prende o leitor desde a primeira pagina até a ultima, sem grandes conflitos, mas com muitas emoções.Estou orgulhosa de uma obra nacional tão maravilhosa, parabenizo a autora Tais Cortez por esse romance envolvente.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá tudo bem?
    Apesar de você ter gostado do livro e ter destacado alguns pontos positivos na resenha, o livro e a sinopse não me chamaram atenção. Achei a história bem "mais do mesmo" e além disso não faz parte de um gênero que eu gosto muito de ler. Por hora não o leria
    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...