[RESENHA] A Condessa de Assis



 Rio de Janeiro. Século XIX.


"A Bela cidade do Rio de Janeiro, tal como hoje a conhecemos, mantém vivo o mesmo esplendor de antes, como nos tempos em que reinava o imperador D. Pedro II."


                       Autor: João Paulo Foschi // Ano: 2014 // Páginas: 330 // Editora: Schoba
                                                          Skoob // Facebook do livro

Classificação

SINOPSE:  A Condessa de Assis - Rio de Janeiro. Século XIX. Lorena Duarte Valão é uma jovem de extraordinária beleza e cheia de ideais romanescos que deseja a qualquer preço ascender socialmente. No grande baile do Cassino Fluminense, após reencontrar-se com o galanteador Rafael Abrantes, nasce uma paixão que acabará por consumir essa ambiciosa arrivista no intuito de conquistá-lo. Porém, o que a moça não contava é que o aristocrata Atílio Santiago, o Conde de Assis, está perdidamente apaixonado por ela, formando um intrigante triângulo amoroso que mudará radicalmente a vida de todos os envolvidos. Após entregar-se a Rafael e ser por ele desprezada, Lorena iniciará um plano de vingança para destruir o homem que a rechaçou, nem que para isso ela tenha que mentir, trair ou até mesmo matar...

 ***

Costumo dizer que não gosto de romances de época, que gosto de Jane Austen e similares porque são histórias que foram escritas naquela época e por este motivo são tão reais nos detalhes. Esta era minha opinião até conhecer A Condessa de Assis. João Paulo Foschi trouxe para 2015 o Rio de Janeiro do século XIX, de uma forma única. Em cada página é possível visualizar a elegância da época como as saias de anquinhas e os cavalheiros de casaca. Como leitora apaixonada por Machado de Assis e José de Alencar, comecei este livro com certo receio, que desapareceu logo na primeira página. A escrita do João Paulo Foschi é suave e rica de detalhes, dando a sensação de estarmos realmente na Rua do Ouvidor ou no Paço Imperial.  Ele traz personagens fortes e encantadores. 





Lorena sofre um grande golpe ao se apaixonar pelo cavalheiro errado, mas ela é forte, decidida e determinada.  Filha única de um comerciante abastado, foi muitas vezes humilhada por causa de sua posição social, levando-a a desejar a todo custo a ascensão social. Rafael Abrantes, jovem bonito e de uma posição considerada na sociedade carioca, assim que se conheceram Lorena se apaixonou perdidamente, movida por este amor ela desobedeceu as regras sociais sem pensar nas consequências que traria para si e sua família. Atílio Santiago, mais conhecido como Conde de Assis, cavalheiro, gentil e atencioso, vê em Lorena a mulher perfeita para ocupar o lugar vago em seu coração. O amor e a admiração por Lorena fazem com que ele passe por cima das regras sociais e até mesmo de seu orgulho.



Sem sombras de dúvida Lorena foi o personagem que mais me impressionou, a forma como ela foi evoluindo ao longo do livro é maravilhosa, o autor conseguiu trabalhar a mocinha nem tão mocinha com maestria. No começo temos uma jovem sonhadora e inocente, passando pela jovem indecisa, chegando a uma Condessa tímida e por fim nas últimas páginas a verdadeira Condessa de Assis, uma mulher que sabe seu papel na sociedade que vive e que acima de tudo sabe o que quer: se vingar daquele que a enganou. Rica, bela e sedutora, Lorena Duarte Santiago desfila pelos salões com classe e imponência, não tem mais medo daqueles que antes a ignoravam e subjugavam. Muitas vezes repeti “Lorena, esqueça a vingança e seja plenamente feliz com Atílio”, mas ela não me escutou, fechei o livro com um misto de surpresa e ansiedade pelo segundo.  Espero encontrar com Lorena o mais rápido possível.

Lorena Duarte Valão - Condessa de Assis


Uma das minhas preocupações quanto ao livro era a escrita, a história se passa no século XIX, será que a escrita seria parecida com a daquela época? Sim, o cenário imperial é ricamente retratado assim como os costumes da época, nos transportando diretamente para o passado. Uma coisa que gostei foram as notas de rodapé, alguns leitores podem não conhecer algumas palavras ou costumes da época e as notinhas ajudam a entender melhor, além de explicar sobre alguns lugares por onde os personagens passaram.

Queria poder contar mais para vocês, mas tenho medo de revelar o que não devo, encerro a resenha afirmando mais uma vez A LITERATURA NACIONAL ESTÁ DE PARABÉNS!!! Descobri mais um tesouro brasileiro, um cearense que transmite em sua história amor e admiração por este país, que apesar dos problemas foi e é lindo. 


BOOK TRAILER 




22 comentários

  1. Sou louca por romances de época e essa só de olhar a capa já me fascinou.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiiiii.
    Amei sua resenha, muito bem escrita, detalhada, objetiva e sincera.
    Estou tendo o meu primeiro contato com os romances de época agora e acho que a condessa de Assis seria muito pesado para mim que estou começando. Mas adorei a resenha.
    bjs

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2015/06/parceria-leticia-vilela-e-rita-pinheiro.html

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jéssica, não curto muito os romances de época pela mesma razão que você, e também sou fã cativa da Jane. Só que vai um pouco mais além que isso... Bom, não posso negar o quanto sua resenha ficou linda e sensacional, madura e com críticas pertinentes. Não conhecia a obra, mas você explanou-a maneira tão sublime que fiquei babando. Espero um dia ter a chance de ler e me deliciar como você com o livro.

    ResponderExcluir
  4. Nossa não conhecia o livro mas sua resenha me animou
    Também amo romances de época não seria nenhum sacrifício ler rsrs
    Como se passa aqui no Rio gostei mais ainda
    Nunca li nada sobre a condessa amei sua resenha


    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Adoro romances de época, faz pouco tempo que comecei a ler e me apaixonei!
    Mas nunca li nenhum romance de época nacional, achei a premissa do livro ótima e já estou ansiosa para lê-lo!
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  6. Olá
    achei muito legal o livro, me deixou muito curioso por sinal, a editora Schoba caprixa em suas edições
    Bjks
    Passa Lá No Meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu também sou fã de jane, mas não consigo me conectar com essas obras, que parecem uma imitação barata da escrita de Jane.
    Sobre o livro que você resenho: eu já havia lido uma resenha sobre e confesso que fiquei interessada por ser ambientado aqui no Brasil.
    Acho que livros assim demando muita pesquisa e parece que o autor trabalhou muito bem esse ponto, pois você disse que o livro é rico em detalhes. Que seja um sucesso de vendas!

    ResponderExcluir
  8. Oi Jéssica, tudo bem?
    A Jane é a Jane né?
    Mas quanto ao livro Condessa de Assis, eu não conhecia, mas fiquei bem curiosa por ter personagens bem construídos e uma linguagem pertinente à época.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oie! Tudo bem?

    Primeiramente, preciso dizer que AMO livros nacionais... E que fico feliz que esse tenha te agradado e surpreendido tanto. Eu gosto de histórias de época, então, me encantei com a premissa. Claro que entrou pra minha lista de desejados!

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  10. Olá eu gosto de romance de época apesar de ainda não ter lido nenhum, o charme me atrai, mas acredito que esse livro não seria tão atraente para mim o fato de a escrita ser também de época acho que deixa um pouco chatinha a leitura mas me corrija se eu estiver errada ok? mas sua resenha foi bem detalhada e deu para conhecer um pouco do livro.

    http://www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Jéss.
    Sou louca pra ler esse livro já tem um certo tempo, mas nunca tive oportunidade.
    Adorei a resenha, amo Romances de época, após os policiais são meus preferidos.
    E a capa desse livro é encantadora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não costumo ler livros desse gênero, mas esse livro chamou a minha atenção desde a primeira resenha que li dele, parece ser realmente um livro muito interessante e mesmo que eu não seja apaixonada por Machado de Assis ou José de Alencar, eu quero ler esse livro algum dia.

    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Eu gosto muito de romances de épocas e esse livro chamou muito minha atenção. Com certeza irei adquirir o livro, mesmo que eu não curta ler esse tipo de romance quando o autor é homem. Mas como se trata de um autor nacional, darei uma chance hahahaha
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Jéssica, quando você disse ser nacional e de época já prendeu totalmente minha atenção.
    Leria a obra com toda certeza e acredito que vou gostar muito da condessa.
    É bom saber que nossos autores estão se dando bem até em romances de época.


    Lisossomos

    ResponderExcluir
  15. Eu adoro romances de época, não conhecia esse. Adorei saber que é nacional, acho que nunca li nada do gênero de autor daqui; <3
    Sua resenha me cativou, quero muito ler a obra!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  16. Eu sou apaixonada por romances de época, e depois de ler a sua resenha, com certeza eu vou dar uma chance pra esse livro, principalmente por eu amo as histórias de época que se passam no Brasil.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá. Amo livros de romances de época e fiquei muito feliz que a escrita do autor tenha voltado realmente nessa época tão fielmente. Fiquei bem curiosa para ler e quem sabe futuramente eu não dou uma oportunidade.
    Beijos, e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  18. Não sou uma louca por romances de época, mas tenho visto algumas indicações muito boas, o que vai acabar me deixando louca por livros deste gênero hehehe

    Gostei da resenha e da premissa do livro. Acredito que ele será o próximo romance da lista :D

    bjs

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Eu só li romance de época, que foi A Vidente, e achei cansativo, apesar de ter gostado dele, kkkk. Enfim, estou querendo mesmo voltar a ler romances de época, e eu ainda não sabia de um escrito por um autor nacional, adorei isso. Eu também adoro essas notinhas de rodapé, é tão fácil, a gente não precisa ir para um dicionário ou net para saber o que significa.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  20. Oie, tudo bom?
    Gosto bastante de romance histórico e não conhecia esse livro ainda. Achei a proposta interessante, ainda mais por saber que a narrativa é convincente. Nossa, fiquei com vontade de ler por ter vingança no meio e achei curioso por ser uma série. Dica anotada.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Jessica,
    Sou obrigada a concordar com você, a literatura nacional está cada vez melhor. Tem tanta coisa boa espalhada por aí. Confesso que li muitos nacionais, mas nenhum de época e que bom que você me apresentou um que tenha te agradado.
    Vou colocá-lo em minha lista de nacionais.
    Um beijo!
    Blog Monykisses
    Blog Os Literatos

    ResponderExcluir
  22. Oie, flor!
    Eu não gostava de romances históricos, sabe? Estou até começando a prestar mais atenção neles após as indicações de Bridgertons, mas nunca fui uma leitora ávida do gênero. Eu não leria A Condessa de Assis se você não tivesse falado sobre essa riqueza de detalhes incrível que já me conquistou. A diagramação é linda e a capa também, mas mais maravilhosa é a dedicação do autor com seus leitores. Parabéns pela resenha!
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...