[RESENHA] Os demônios de Deus




 
Autor: Alexander Mackenzie / Ano: 2015 / Páginas: 368
/ Editora: Madras Teen / Skoob

Classificação





Os Demônios de Deus - Alegando sofrer de crises de solidão, Deus irá finalmente falar após anos de silêncio. E ele não poderia ter escolhido melhor pessoa para isso: o Dr. R. Mazal. No consultório em British Columbia, Canadá, um labirinto de verdades é desmoronado. 


À medida que a terapia segue, a vida do psicólogo entra em completa derrocada, além de estar, sem saber, no centro de uma batalha de forças além da compreensão humana. As revelações de Deus confirmam o darwinismo e rebatem as leituras completamente equivocadas sobre o livre-arbítrio. As confissões divinas não deixam de mergulhar nos mais intrincados mistérios judaicos, trazendo à luz o que foi escondido. No entanto, o enigmático Frederic Burrhus parece ter versões bem diferentes... Aquilo era apenas a ponta do iceberg !

Numa caçada frenética por respostas, o Dr. Mazal entra no centro de uma conspiração sobrenatural. Mesmo amada pelo marido, Petra o trai e esconde um segredo de todos sobre seu passado. A filha, Jane, parecia ser a maior armadilha para o império do anticristo, mas em contrapartida, era também a grande arma secreta de Deus. Para fazer o plano do Soberano prevalecer, a misteriosa família Cohen faz de tudo para que o Dr. Mazal e Jane fiquem nas mãos do inimigo. Nem sempre quem nos apunhala é de fato nosso inimigo. Deus também tem suas artimanhas?


                “Os demônios de Deus” é a série de suspense mais controversa dos últimos anos!


 “...As pessoas preferem apenas uma imagem construída ou
 idealizada de si. Viver de realidade pura e fundamental não é tarefa para raça humana.”



Certa manhã o renomado psicólogo Rodrigo Mazal recebe um paciente que diz ser Deus, não é novidade que muitos de seus pacientes acreditam ser outra pessoa. Intrigado com tudo isso Rodrigo aceita seguir com o tratamento e durante as conversas o psicólogo começa acreditar que talvez não seja tudo fantasia. Os capítulos são intercalados entre as conversas com Deus e a vida do Dr. Mazal, gerando ainda mais suspense, afinal sua família está passando por uma fase conturbada.


Petra, esposa de Rodrigo, é uma pessoa extremamente arrogante e chata, muitas vezes desconfiei que fosse um personagem menos importante, ledo engano, ela desenvolve um papel primordial em toda trama armada por Deus/Lúcifer. Jane, filha do casal Mazal, mesmo não sendo filha biológica de Rodrigo ele sempre cuidou e amou como se fosse. O relacionamento entre pai e filha começa como uma relação de respeito e muito amor, mas ao longo da trama as coisas vão mudando, Jane começa a se sentir atraída pelo pai e Rodrigo também começa sentir o mesmo. No desenrolar acontecem coisas entre os dois que não me agradaram muito (não direi porque seria spoiler), porém tudo faz parte de um plano maior.




Os Demônios de Deus é um livro muito inteligente, com diálogos de arrepiar de tão bem elaborados. É perceptível a dedicação do autor em escrever este livro, ele traz uma história sobrenatural e utiliza como pano de fundo conceitos tanto da filosofia, quanto da psicologia. Algumas passagens não são tão simples de serem absorvidas e exigem um pouco mais de atenção do leitor. A história é intensa e com algumas explicações que misturam bíblia, filosofia e mitologia que dão até um nó no cérebro rs. Com certeza é um livro genial, bem elaborado e criativo.


Quando a editora Madras Teen enviou dois livros para serem escolhidos para resenha, logo me interessei pelo título Os demônios de Deus, seria interessante para me tirar da zona de conforto. Digo que o livro foi uma boa e adorável surpresa, criou um redemoinho na minha cabeça e me deixou de queixo caído com tamanha imaginação do autor. Só um aviso, não indico este livro para qualquer pessoa, é preciso estar com a mente aberta e disposto a engolir a nova “interpretação” que Deus e o demônio fazem da Bíblia e de si próprios, sou evangélica acredito em Deus e na Bíblia e mesmo assim amei. Espero que a continuação esclareça alguns pontos que ficaram abertos e tire minha má impressão sobre um dos últimos acontecimentos do livro.
  





25 comentários

  1. Oi Jéssica!
    Eu gosto de livros sobrenaturais que desconstroem religiões, ou mesmo dão um novo conceito pra elas. Eu só não entendi direito com qual que Os Demônios de Deus trabalha kkkk
    É judaísmo ou cristianismo? Ou tudo isso e mais um pouco?
    O fato de ser um livro inteligente e bem planejado me agrada também. Eu amo ser surpreendida!
    Mais um ponto pros nossos autores nacionais! :)
    Beijos, Amanda.
    Expresso de Nárnia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda,
      É tudo isso e mais um pouco rs.
      Ainda assim o foco mais no cristianismo.

      Excluir
  2. Olá! Que bom que curtiu o livro, infelizmente não posso dizer o mesmo, justamente por como as questões teóricas foram destrinchadas na obra, às vezes, eu não consigo desligar meu lado de teoria e olhar somente o livro, é algo meu.

    ResponderExcluir
  3. Assim como Amanda, eu também gosto de livro que traz novas perspectivas para o conceito de religião. Eu não tenho problema nenhum em ver tudo de pernas para o ar. Tudo desconstruído e reconstruído pela imaginação. Ou ainda misturas várias crenças.
    Esse é um livro que eu gostaria de ler.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Achei a premissa bem diferente e intrigante. Pelo título e capa, talvez não compraria de cara, mas a sua resenha esclareceu um pouco da imagem distorcida que tinha do livro. rs. Parabéns pela resenha. E que bom, que você curtiu a leitura. Quem sabe não leio um dia. E com certeza voltarei aqui para falar o que eu achei.

    Grande beijo.

    http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Jeeh! Adorei a resenha! Adoro quando os livros nos fazem questionar o certo e o errado, mostrando lados diferentes da mesma história =] estou acrescentando na minha lista de desejados.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Li uma outra resenha sobre esse livro, mas ela não foi muito positiva. Eu não leria o livro, pois não tenho religião e sou muito cética quanto a acreditar em Deus, então não é um tema que me chama a atenção. Mas que bom que gostou. Para quem gosta desse tipo, deve ser bastante esclarecer e bom.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, sua linda! Resenha ótima a sua. Li o livro, mas não curtir, inclusive sobre algumas questões teóricas, não digo cristãos, pois não sou, mas algumas abordagens que realmente não em convenceram...

    ResponderExcluir
  8. Oiiie
    Essa é a 3° resenha que eu leio.
    Todas fora positivas.
    Eu realmente não leria, mas também acho que o livro seja bem inteligente mesmo, a premissa é interessante.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Eu também recebi esse livro, e estou muito curiosa, apesar de não ter gostado dessa parte em que o Rodrigo e a "filha|" sentem certa atração. Mas pretendo ler logo.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  10. Eu também recebi esse livro e está lá esperando para ser lido, achei interessante, mas pela sua resenha dá para ver que é algo meio Dan Brown né? Espero que não seja muito parecido por que dai fica chato! HAHA

    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camila,
      Na verdade não tem muita coisa de Dan Brown, compararia só o título que é bem provocativo como os livros do Brown

      Excluir
  11. Jéssica, se eu lesse esse livro também sairia da minha zona de conforto.
    Não sei se eu iria gosta.
    A história até parece ser interessante, mas não chega a me agradar.
    Então só leria mesmo se ganhasse.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Jess!
    Parabéns pela resenha, deve ter sido uma leitura complexa.
    Eu não leria esse tipo de livro até porque não faz muito meu estilo mas meus parabéns!

    Vou deixar passar essa dica!
    Beijocas da Deebs!

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Infelizmente, esse livro não me chama a atenção. E esse papo de pai sentir-se atraído pela filha de criação também não me desce muito... Então essa leitura eu passo.
    Ainda assim gostei bastante da sua resenha, muito bem feita!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Jessica, tudo bem?
    Tenho certa curiosidade para ler esse livro, mas acredita que a Madras Teen está me enrolando até hoje?
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Eu tenho o livro aqui em casa, mas estou com receio de ler. Como você disse, eu não tenho a mente aberta para essa nova interpretação. Mas, tenho visto várias pessoas falando super bem da obra.
    Super beijos <3

    ResponderExcluir
  16. Oie, Jessica!
    Esse livro lembra um pouco O Demonologista, creio. Não são obras de terror escritas para tirar sono, mas sim livros com tema polêmico (abordando Deus e o inferno) que nos fazem refletir. Quero muito ler Demonios de Deus, ótima resenha.
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá
    Tudo bom?
    Sou suspeita para falar desse livro, pois o autor foi maravilhoso na composição da história.
    Achei maravilhoso Deus no divã.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Eu já tinha visto esse livro. Não li porque não é o meu tipo de leitura, mas acho que pra quem gosta pode ser uma coisa bem interessante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Jéssica, tudo bem?
    Já tinha lido outras resenhas sobre esse livro, e tive certeza que gostaria dele quando vi que tinha filosófia e psicologia no meio da trama. Espero em breve poder ler esse livro e espero gostar tanto quanto você. O título é algo bem peculiar.

    ResponderExcluir
  20. Oie, tudo bom?
    Já li várias resenhas desse livro e ainda não tenho certeza se vou gostar da história. Parece misturar fé, com fantasia e filosofia. Uma junção inusitada que pode me surpreender positivamente ou negativamente.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Vou ler o livro em breve pra tirar as minhas próprias conclusões.
    Recebi uns comentários bem negativos sobre a história.
    Além de não ter curtido nenhum pouco essa "Cultura do estupro" presente na história,
    onde o cara cria uma menina desde os 4 anos e quando ela cresce ele quer comer ela (desculpa a expressão), mas isso pra mim é doentio e criminoso. Tenho visto muitos casos na TV relacionados a isso e sinceramente é uma das coisas que me deixa com o pé atrás com esse livro.

    ResponderExcluir
  22. Oi,
    Lembro que quando vi esse lançamento não me interessei tanto por ele, alias entre os dois lançamentos escolhi o outro, mas acabei recebendo esse.
    Li ma outra resenha que me desanimou um pouco diante da leitura, me pareceu que o autor deixou a história um pouco confusa, mas lendo a sua percebi que posso tá enganada e provavelmente a criatividade do autor me conquiste, sou católica e acredito em Deus, pretendo segui seu conselho, abri a mente para essa leitura.
    Parabéns pela resenha.
    beijos
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oiii...
    Achei a sua resenha muito boa, o meu blog recebeu esse livro da editora também e a Ana que leu, assim como vc ela ressaltou essas novas ideias e gostou do livro. Não sei se tenho curiosidade ou nao de lê-lo, porque ele não faz muito meu tipo e gênero.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...