[RESENHA] Crimes do Tarô






"A livraria estava deserta àquela hora da manhã. Tinha um clima tranquilo, era um espaço de paz onde cheiros, luzes e sombras, objetos e móveis antigos em madeira escura harmonizavam-se. Era possível reconhecer ali a presença de culturas milenares e a sapiência de povos ancestrais. Mesmo pessoas céticas, como inspetor Tomás, podiam sentir a energia esotérica que inundava aquela pequena sala em uma estreita galeria do Bairro Cigano. A presença de Tomás naquela loja demonstrava a certeza que ele agora tinha de que mais cartas de tarô surgiriam para decifrar. Tinha esperança que não fossem muitas."



Autor: Leonardo Nóbrega / Ano: 2014 / Páginas: 336 / 
Idioma: português / Editora: Prêmius / Skoob

Classificação



Noite tranquila no Centro da cidade, um guarda-civil faz sua ronda rotineira quando percebe uma movimentação no Banco Efetivo, chegando mais perto ele percebe que alguém está fugindo pelas sombras. Neste momento o guarda põe em prática seu ofício e começa a perseguir o meliante, ou melhor "a meliante", uma loira de olhos verdes que em sua fuga não se faz de boa moça e dá um soco no guarda que desmaiado permite que a jovem fuja pela noite escura. 

O inspetor Tomás é chamado para conduzir as investigação e prender o mais rápido possível a Ladra do Tarô, como foi apelidada pela impressa por deixar no local do crime duas cartas de um baralho de tarô. Com as cartas em mãos Tomás inicia sua investigação com uma visita ao bairro cigano e descobre que as cartas fazem parte de um baralho em especifico, o tarô de Marselha, cada carta tem um significado que esclarece os possíveis motivos que levaram a Ladra do Tarô a cometer tais crimes. Edith, secretária do Banco Efetivo que passa ajudar Tomás, trazendo novas informações que podem ajudar na solução do caso, uma vez que o banco não é o único a ser visitado pela bela ladra de olhos verdes.



Com toque esotérico, Crimes do Tarô transporta o leitor para a década de 30 e mostra uma investigação sem todas as tecnologias que conhecemos, instigante e com estilo próprio o autor conduz a história de forma a deixar o leitor cada vez mais curioso. Acabei por descobrir alguns acontecimentos antes do previsto mas as motivações passaram longe da minha imaginação.

Logo de cara percebe-se que é um livro policial, mas o ponto forte e diferente neste livro é seu caráter ideológico. O autor aproveita das falas dos personagens para criticar de forma direta e genial vários aspectos da sociedade, ele traz para as páginas do livro a violência e o preconceito que vemos todos os dias espalhados pelas pequenas e grandes cidades. Da violência com os pobres e os negros, ele passa pelos preconceitos culturais de uma sociedade que enxerga o diferente como errado e marginaliza tudo que considera inferior, até chegar na grandes corporações que não enxergam nada além do lucro.





Crimes do Tarô é uma mistura de mistério, vingança, teorias da conspiração e crítica social, um super ponto positivo foi a inserção do povo cigano, mesmo que superficialmente o autor abordou lindamente os costumes e a forma como eram (ou são) tratados. Um livro que merece ser lido e relido.



Book Trailer
 





35 comentários

  1. Histórias de crime e perseguição, não é pra mim. Mas curti a capa e achei legal essa mistura coma s cartas. Diferente. Ao menos para mim. Mas não compraria esse livro :(
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, mesmo sem gostar do gênero dê uma olhada na página do livro no Facebook e leia trechos da trama e um capítulo extra.Obrigado pelo comentário . Abraço. https://www.facebook.com/crimesdotaro

      Excluir
  2. adoro livros assim, sou louca nesse gênero, o interessante é que as motivações pros crimes são sempre o mais surpreendentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paac, obrigado pelo comentário. Sim, as motivações no Crimes do Tarô são bem surpreendentes, mas o final é ainda mais. Conheça um pouco do livro em https://www.facebook.com/crimesdotaro ou www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor

      Excluir
  3. Oi. Eu adorei o livro, li em um dia e fiquei encantada com a escrita do autor, que me fez lembrar alguns clássicos latinos. Também queria mais da cultura cigana esplanada na obra, mas sei que na realidade, não cabia. A verdade é que deu vontade... :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Lilian, prometo que vem mais da cultura cigana por aí. Quem sabe em 2016 publicamos o conteúdo do Diário que ficou com o detetive Thomás? O que você acha da ideia? Abraço.

      Excluir
  4. :o Que demais esse livro! Já estou curioso e sua resenha está excelente.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcio, espero que sua curiosidade seja alimentada ainda mais durante a leitura. Abraço
      Visite:https://www.facebook.com/crimesdotaro ou www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor

      Excluir
  5. Olá!
    Esse livro parece incrível!
    Gosto muito de livros do gênero e esse toque esotérico me deixou curiosa... adorei a sua resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jess. Espero que a leitura confirme suas expectativas. Abraço.

      Excluir
  6. Obrigado a todos e principalmente a Jéssica pela bela resenha. Quanto aos pedidos por mais ciganos, podemos atender. Na página na minha página http://ljnobrega.wix.com/nobregaescritor estou postando capítulos extras (até o momento só tem um, mas no final de semana postarei mais). Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Oi Jéssica, eu já ouvi falarem desse livro e com sua resenha fiquei com mais vontade ainda de ler! O livro parece incrível e eu adoro tudo que tenha suspense e mistério envolvido, espero um dia ter a oportunidade de conferir a obra :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kétrin, obrigado pelo seu comentário. Tomara que a aura de suspense e mistério do livro lhe agrade, certamente você irá ter oportunidade de lê-lo, afinal como disse o rapaz da livraria do beco para Thomás (Pág. 44): "O livro o escolheu, ele é seu por direito, espero que
      traga para o senhor a mesma sorte que proporcionou para todos que ele
      escolheu. Disse enigmaticamente e se retirou sem dar chance de Tomás
      contra argumentar. Ele ainda ficou parado por um tempo observando
      o livro que o escolhera e ponderando se tudo aquilo de magia e de livros
      com vontades próprias poderiam ser reais". Abraço.
      Visite:https://www.facebook.com/crimesdotaro ou www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor

      Excluir
  8. Adorei conhecer um pouco do livro. Amo conhecer culturas diferentes. E o livro traz um pouco da cultura cigana, isso é ótimo. Espero ter a oportunidade de ler.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nilda, obrigado pelo seu comentário. A cultura cigana é realmente apaixonante, espero pesquisar ainda mais sobre ela e, quem sabe, escrever um romance cigano. Abraço.
      Visite:https://www.facebook.com/crimesdotaro ou www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor

      Excluir
  9. Oi Jéssica, tudo bem?
    Adorei a premissa de Crimes do Tarô!
    Faz muito meu estilo de leitura ele, pois adoro livros policiais!
    Bem legal o autor trazer críticas a sociedade embutidas na história!

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maiara. Que bom que você gostou. Espero que você tenha a oportunidade de ler e se deliciar com o Crimes.A resenha da Jéssica está sensacional e consegue captar a atmosfera com que a história envolve o leitor. Abraço.
      Visite:https://www.facebook.com/crimesdotaro ou www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor

      Excluir
  10. Adorei. Sério fiquei muito intriga para saber mais sobre essa ladras e sobre as cartas que deixo no locar do crime.
    beijos
    http://estudiodecriacaoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que o mérito do despertar da curiosidade é da Jéssica, mas mesmo assim quero agradecer o seu adorei. Abraço.

      Excluir
  11. Oi! Tudo bem?

    Nunca ouvi falar da obra. Amei o título, a capa, a premissa... Tudo! Me encantei de verdade. O livro tem todos os elementos que amo em uma leitura e o fato de você dizer que é uma obra que merece ser lida e relida me deixa ainda mais curiosa! Já vai pra lista de futuras compras. Essa foi a resenha que mais me deixou animada nos últimos tempos.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana. Fico feliz pela curiosidade despertada, espero que a trama e a escrita atendam às expectativas criadas pela capa e pela sensacional resenha da Jéssica. Abraço.
      Você pode conhecer mais na página do livro no Facebook (https://www.facebook.com/crimesdotaro) ou no site www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor.

      Excluir
  12. Olá Jéssica, não conhecia o livro, mas como amo romance policial fique bem curiosa para saber quais são os motivos da ladra, vou deixar anotado a dica e assim que possível vou lê-lo *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste, depois me diga o que achou. Abraço.

      Excluir
  13. Olá!
    Não conhecia a obra, mas infelizmente não gostei muito da premissa, mesmo com seus ótimos comentários.

    beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo, obrigado pelo comentário. Se quiser conhecer mais do livro ou do meu outro romance (Outros Tempos) visite www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor

      Excluir
  14. Jéssica, apesar da sua resenha maravilhosa, o livro não me convenceu. Não sou muito fã do gênero mesmo.
    http://www.leituradascinco.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaísa, obrigado pelo comentário. Mesmo sem gostar do gênero se você quiser conhecer mais do Crimes ou do meu outro romance (Outros Tempos) visite www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor. Abraço.

      Excluir
  15. Olá,
    Sempre bom ler romance policial. Eu ao menos gosto bastante, acho que o mais importante é ter tudo fazendo sentido na resolução do mistério né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angel, não sei se consegui fazer sentido rsrsrs, mas tentei. Obrigado pelo comentário. visite www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor.

      Excluir
  16. Oi Jéssica!
    Não conhecia esse livro, mas fique bastante interessada. O enredo parece ser ótimo e mesmo não gostando muito de livros policiais, quero ler.

    B-jusssss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina, obrigado pelo comentário. O diferencial do Crimes é que ele não é somente policial, como muito bem disse a Jéssica ele tem um viés de critica social também. Acredito que você vai gostar. Abraço.
      Visite www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor.

      Excluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu não costumo ler livros assim, mas tenho curiosidade com esse desde quando li a primeira resenha dele, parece ser uma história bem curiosa e espero um dia ler.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa, obrigado pelo comentário. Espero que você leia e que o livro mantenha sua curiosidade até o final. Depois me diga o que achou. Abraço.
      Visite www.ljnobrega.wix.com/nobregaescritor.

      Excluir
  18. Oie, tudo bom?
    Eu gosto de livros policiais, mas li poucos livros nacionais desse gênero. Adorei a premissa da história, ainda mais porque se passa em uma década passada, deixando a história mais interessante. Gostei da dica.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oii!

    Não conhecia o livro, mas achei bem bacana e diferente a história ^^
    Já anotei a dica!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...