[Resenha Dupla] Procura-se um Marido + Mentira Perfeita



Enquanto essa dyva da Rissi continuar escrevendo,

aqui encontrará duas leitoras assíduas!

Gente, sabe aquele livro que prende você do começo ao fim? Que não te deixa dormir ou comer em paz? Aquele lá mesmo, que você não sabe se devora logo ou enrola pra terem mais tempo juntos. Pois é, espero que vocês estejam prontos para conhecer os 2 exemplares que piraram meu cabeção nas últimas semanas.


Procura-se um Marido
           
Parece até um clichê saído dos filmes Hollywoodanos, mas Alícia Bragança e Lima realmente precisa achar um marido o mais rápido possível. Depois de perder sua única família (o vô Narciso), Alícia se vê presa à um testamento maluco no qual impõe que ela deve se casar antes de receber a gorda herança. Agora uma trabalhadora normal e assalariada na empresa do avô, o salário não dá pra pagar nem a gasolina do Porsche. Desesperada e afundando cada caso vez mais em dívidas, ela coloca um anúncio no jornal:

"Procura-se um marido para curta temporada. Homem entre 21 e 35 anos, que tenha imóvel próprio e emprego estável, disponível para matrimônio. Boa aparência não é exigida. Apresentação de antecedentes criminais obrigatória. Casamento de aparência. Sexo está excluído do acordo. Paga-se bem no término do contrato. Tratar com Lili pelo telefone..."


Ao encontrar Max Cassani, um funcionário exemplar e arrogante das empresas L&L esperando para conhecer sua futura noiva (a escolhida através do anúncio do jornal, que vai garantir sua sonhada promoção) ela mal acredita na sorte que teve! Agora Max e Alícia estão casados e unidos por um acordo frágil, que ao mesmo tempo é uma benção e uma maldição. irão eles aguentar mentir para todo mundo que amam apenas para alcançar um objetivo? E o mais importante de tudo: valerá a pena mentir para eles mesmos?
           
Um livro repleto de amores escondidos, casamentos falsos e reviravoltas, essa história realmente me fez rir e chorar em público muitas vezes. É apaixonante ver um casal literário com tanta sintonia mesmo sendo opostos! E foi incrível como todos os acontecimentos ficaram ligadinhos, sem deixar nenhuma ponta solta. Pra mim, realmente esse é o melhor casal da tia Rissi! O livro também conta com personagens secundários muito marcantes, como é o caso da Mari e do Marcus, e por diversas vezes me peguei querendo um livro solo deles. E não é que realmente aconteceu?



Mentira Perfeita
           
Ok, tudo bem que o livro anterior também falava sobre encontrar um marido fake e sobre o irmão Cassani. Mas sério, acabam aí as "coincidências" :p Julia é uma moça esperta e batalhadora. Sua vida se resume ao trabalho e a tia doente (Tia Berenice). Marcus Cassani é um cara boa pinta e pegador de primeira. Sua vida se resume à voltar a andar (ele ficou paraplégico depois de um acidente) e a conseguir morar sozinho (para deixar Max e Alícia sozinhos e ter seu próprio abate).

Tão diferentes entre sí e ao mesmo tempo tão empenhados em fazer outra pessoa feliz. Ao ver a tia morrendo esperando um transplante de coração, Juju inventa um namorado, apenas para deixar a tia confortada que ela não estaria sozinha. No entanto, ao ter uma súbita melhora e comprar o melhor casamento estilo princesa para a sobrinha, Tia Berê estava pronta para conhecer o namorado invisível. Como o inevitável sempre vem acompanhado com um pouco de sorte, ao procurar uma cuidadora de mentira para apresentar aos pais (e poder provar que poderia morar sozinho), Marcus se depara com o problema de Júlia: encontrar um noivo de mentira para não matar a tia doente. É óbvio que a mentira só vai durar até a Tia Berê assinar o distrato da agência de casamentos e é claro que é impossível eles se apaixonarem perdidamente. Mas neh?! Tudo pode acontecer quando se está fingindo ter sentimentos reais.


"Tá certo. A vida é uma grande merda às vezes, pensei. Mas em outras é quente e vibrante, e tão bonita que faz o peito doer. Não é o jeito como seu corpo se move, como você vê, ouve ou sente o mundo que importa, mas a maneira como você vive. E esta é a parte difícil: aprender a viver. Envolve ser adulto, aprender a lidar com as perdas e situações traumáticas. Também envolve se abrir para outro ser humano, aceitar a mão estendida, dar o melhor de si a quem se ama. Eu ainda estava aprendendo tudo isso. Quanto mais eu aprendia, mais bonita e preciosa a vida me parecia."


Ahhh!!! Como eu quis abraçar a Carina por me dar a Tia Berê! Vocês acreditariam se eu disser que ela é minha versão mais velha??? Simpática e romântica, ela deu todo o tempero do livro. Enquanto a Juju é uma moça extremamente centrada nos objetivos, o que não me surpreendeu, Marcus foi uma revelação e tanto! por trás da carapuça de durão e mulherengo, realmente existia um cara fofo, fiel e inseguro. O fato dele ser cadeirante foi o diferencial do livro e me mostrou muitos aspectos da vida cotidiana que eu nem imaginava. Foi delicioso ver a evolução desses personagens, mas ao mesmo tempo esperava um pouco da trama: que o Marcus fizesse mais bobagens, ou que a Juju largasse tudo em prol do trabalho, ou até mesmo que a Tia expulsasse as pessoas a base de vassouradas. Ainda sim, foi uma história incrível! E o ponto alto: podemos observar um pouco mais de Max e Alícia s2

Hummm... espero que aqueles que ainda não conhecem a Carina Rissi e/ou a Editora Versus tenham ficado curiosos para ler essa história! Em paralelo, vamos aguardar a próxima obra prima dela e a bienal do livro.

          xOxO


Recebidos de Junho s2

            Ahhh o início do inverno! Para mim, a época mais gostosa do ano: o friozinho (no caso de SP friozão de 10°) que combina com cobertor, café e livros *-* Para deixar essa época mais charmosa ainda, chegaram os livros desse mês para esquentar os nossos dias:


Warcraft

Nesse frio, nada mais gostoso que o calor da batalha aquecendo o sangue. No livro inspirado no jogo de vídeo game (e agora filme), vamos de encontro à uma terra totalmente desconhecida: Azeroth. Depois de anos em paz, um mal renasce das cinzas trazendo os Orcs de Guldan junto. Atrás de um novo lar os orcs estão prontos para lutarem pela terra, enquanto os humanos estão prontos para defender o território. Em meio à todo esse conflito vemos 2 heróis totalmente opostos que vão se juntar para evitar o conflito iminente. Será que a guerra é realmente necessária?
Gostou? 
Adiciona no Skoob: https://www.skoob.com.br/livro/579574ED580855



A Garota do Calendário (Janeiro e Fevereiro)

Mia Saunders costumava ser uma garota normal até se ver obrigada à pagar uma dívida gigantesca com um agiota. Sem muitas escapatórias, aceitou trabalhar como acompanhante de luxo com a tia e assim, em cada mês estar com um homem diferente. O emprego parece fácil, mas um mês inteiro pode mudar completamente a cabeça da jovem. Confesso que estou louca para entender como essa série de livros vai terminar: a Mia vai se apaixonar? Se sim, por qual dos 12 caras? =O Vamos aguardar os próximos capitulos...
Gostou? 
Adiciona no Skoob: https://www.skoob.com.br/livro/583669ED585280
https://www.skoob.com.br/a-garota-do-calendario-fevereiro-583671ed585282.html



Uma Mulher Livre

Esse livro gracinha parece que chegou em uma das horas mais necessitadas para essa locutora que vos fala: um romance de época que envolve fatos históricos reais era tudo que queria! Annabelle faz parte da realeza, envolta por muito luxo e glamour em Manhattan, sua vida vira do avesso ao perder sua família em Titanic. Agora sozinha em meio à uma sociedade que não aceita jovens desamparadas, ela irá trabalhar em um hospital como voluntária durante a Primeira Guerra Mundial e é ai que tudo começa a mudar de verdade. Um livro repleto de viagens ao redor do mundo e uma história de superação, acompanhamos a jornada de Anna em busca da felicidade. Acredito que este é um daqueles romances que toca fundo da alma e nos faz viver uma vida inteira, sabe? Esperando ansiosamente para devorá-lo. 
Gostou? 
Adiciona no Skoob: https://www.skoob.com.br/livro/581547ED582977



No Limite do Desejo

Ouvi dizer por ai, que os irmãos Maddox possuem parentesco com West Young (o mocinho gato), mas neh, podem ser só boatos =P A real é o seguinte: depois de sofrer uma tragédia a campeã de Kickboxing Haley espera nunca mais entrar em um ring, no entanto vai precisar treinar West, quando este resolve aceitar uma luta em homenagem à ela.  É claro que as coisas serão mantidas estritamente profissionais, mas quem pode culpar o coração quando a hora do cúpido chega?
Gostou? 
Adiciona no Skoob: https://www.skoob.com.br/livro/571143ED571780
            


Acho que para esse mês estamos bem abastecidos de histórias quentes: 1 guerra para aqueles que sentem o sangue ferver em uma luta, 3 romances voltados para o lado erótico para aquecer a sua cama e 1 romance que aquece a alma. E ai, já escolheu qual vai ler nesse mês invernal?

xOxO

Raí


3 anos de Confraria Cultural



Yeaaah! Já se foram 3 lindos anos e só posso dizer que me diverti muito neste tempo, conheci pessoas incríveis, tive o prazer de efetivar parcerias que me deram e ainda me dão muito orgulho. Sem falar em vocês, leitores, que a cada comentário, curtida, etc, faz com que eu me sinta motivada a continuar escrevendo por aqui.

Se você já é de casa, sente-se e aproveite a festa, mas se chegou agora, pode sentar também (hehehe) e comemore com a gente esta data tão importante. 

Confira as regras abaixo e BOA SORTE!!!!

Regras
Válido apenas para quem possuir endereço de entrega no Brasil;
- Imagens meramente ilustrativas, podendo haver variação na edição do livro;
- O preenchimento incorreto do formulário acarretará em desclassificação do ganhador;
- As entradas opcionais não precisam ser cumpridas, mas garantem chances extras no sorteio;
-  Cada blog envolvido é responsável pelo envio apenas do prêmio cedido pelo mesmo;
-  O sorteio terminará no dia 07/08/2016;
-  O resultado será divulgado neste mesmo post em até 10 dias após o término do sorteio;
- Cada blog tem o prazo de 60 dias para envio dos prêmios após o recebimento dos dados do ganhador;
- Será enviado um e-mail ao ganhador solicitando seus dados, o mesmo terá 3 dias para responder, caso não o faça perderá o prêmio;
- Não nos responsabilizamos por qualquer problema ocasionado pelos Correios;
- Caso sejam realizadas as tentativas de entrega e o prêmio voltar ao blog responsável, não haverá reenvio.

















[RESENHA] Princesa: A história real da vida das mulheres árabes por trás de seus negros véus



Casamento forçado, mutilações e violências sexuais, execução pública por apedrejamento ou confinamento pela família, censura, proibição de dirigir, de viajar ou mostrar o rosto - estas são apenas algumas formas de opressão com que as mulheres muçulmanas ainda são tiranizadas no Oriente Médio. Num depoimento contundente, uma autêntica princesa da Casa Real Saudita revela, sob risco de vida, a intimidade dessa terra fechada, onde o respeito aos direitos e à qualidade de vida das mulheres continua lhes sendo negado. Uma terra onde ainda imperam os homens, o sexo e o dinheiro.


 Autor: Ano: 2005 // Páginas: 247 // Editora: Best Seller
 


Quando decidi ler este livro não imaginava uma história tão difícil de ser lida. A história de Sultana e das outras mulheres é real e cruel, senti em mim todo o sofrimento narrado naquelas páginas, sou mulher como elas e foi impossível não me colocar na mesma situação. Li os livros do Khaled Hosseini e alguns outros do mesmo estilo e achei que estaria preparada para conhecer a história das mulheres sauditas, mas não estava. Amei ler os livros do Khaled Hosseini, pois  ele ainda consegue colocar em suas histórias um toque de romance que deixa a leitura mais agradável, e isso não existe em Princesa: A história real da vida das mulheres árabes por trás de seus negros véus.

Mesmo sendo princesa e a caçula de nove irmãs e um irmão, Sultana não tinha privilégios, ela era rejeitada pelo pai que dedicava toda atenção ao seu irmão Ali. Para nos ocidentais é difícil acreditar na crueldade com que essas mulheres são tratadas, sei que nossa realidade ainda precisa mudar e muito mas ainda assim me senti grata por ter nascido onde nasci e na época que nasci.

Apesar de toda sua indignação, não tinha como se livrar das amarras da sociedade muçulmana, quando suas regras chegaram ela teve que cobrir o rosto e o corpo como todas as mulheres, quando chegou a certa idade foi obrigada a se casar, no começo acreditou ter encontrado um homem que compartilhava de seu espírito revolucionário mas no fim ele se mostrou como todos os outros. Sultana não culpava a religião nem os escritos do Corão pela triste realidade das mulheres, ela costumava dizer que as leis do Corão são interpretadas pelos homens, para os homens e da forma como eles bem entendem. 



Através dos relatos de Sultana vemos como as mulheres são subjugadas por todos os homens, sejam eles marido, filhos, pai ou irmãos. Mulheres são mutiladas, apedrejadas, trancafiadas em seus quartos, obrigadas a se casarem ainda na infância e muitas outras barbáries que me deixaram profundamente triste, mas me fizeram pensar em muitas coisas. Sultana pôde estudar, ao contrário da maioria das mulheres, e por ser princesa e muito rica pôde viajar e conhecer outras culturas, foi assim que ela teve certeza que algo estava muito errado na Arábia Saudita.

Acredito que estas mulheres ainda estão lutando mesmo por trás dos véus e esse era o intuito dessa Princesa ao pedir que sua amiga escrevesse o livro para ela. Os relatos são chocantes e fortes mas é um livro que vale muito a pena ser lido, uma coisa que gostei foi a autora ter colocado no final do livro os trechos do Corão que se referem as mulheres. Infelizmente não consegui colocar nessa resenha nem a metade do que realmente é esse livro e o que ele significou para mim, com certeza nunca li um livro que mexesse tanto comigo como este. 

Sei que é clichê, mas acredito que só teremos um mundo melhor quando todos puderem aceitar as diferenças e reconhecer o seu próximo como um igual. Igualdade de direitos a todos independente de gênero, cor da pele, ou opção sexual. Temos muito a evoluir, mas se conseguirmos realizar esse feito será um enorme passo para um mundo melhor.

Sarah Attar faz história como primeira mulher saudita no atletismo olímpico



 

[RESENHA] Nunca jamais


Você pega o livro para ler achando que não vai gostar porque foge daquilo que você realmente gosta de ler... A história até que é legal... Aí você começa a gostar muito... Gostar pra caramba ... A coisa começa a complicar .... As páginas vão acabando... O desespero aparece ... Duas páginas... Tem muita coisa para acontecer ... E nesse ponto (última página) EU SURTO!!!!!!! Já vou falar logo, é uma trilogia e fiquei muito fula da vida quando descobri isso... Uma coisa é começar um livro preparada sabendo que terá continuação, mas descobri na última página é muito sofrimento... Não estava preparada!


Ano: 2016 // 
Páginas: 192 // Editora: Galera Record






Bem... Agora que desabafei posso começar a resenha rsrs.


Imagine que de um momento para o outro você despertasse para um mundo no qual você não lembra de nada, nem mesmo do seu próprio rosto? Isso aconteceu com Charlie e com Silas. Charlie se esforça para agir naturalmente e tentar pinçar entre seus amigos da escola quem é ela. Aos poucos descobre ter vários amigos e um namorado, Silas, mas nada disso ajuda a trazer sua memória de volta. Observando Silas na cadeira ao lado ela percebe que ele está tão desorientado quanto ela e parece estar na mesma situação, e nesse ponto a história começa ficar misteriosamente estranha.

 
Eles simplesmente não lembram de nada, lembram dos programas de TV, dos atores, de músicas e até como dirigir mas não reconhecem os próprios rostos. O mais louco de tudo isso é que vamos descobrindo junto com eles já que um capítulo é narrado por Charlie e outro por Silas. Eles são amigos desde crianças, são namorados e por algum motivo as famílias de ambos se odeiam.


"Meu primeiro instinto é dizer a ela que vai ficar tudo bem, que eu vou descobrir o que aconteceu. Sou inundado com uma necessidade esmagadora de protege-la – só que não tenho ideia de como fazer isso quando estamos ambos enfrentando a mesma realidade."


Durante a leitura pensei que fosse ficar maluca com tantas interrogações na minha cabeça... e na deles também. Apesar das perguntas, não tenho respostas, o mistério aumenta, e a cada descoberta sobre a vida deles surgem novos questionamentos, a adrenalina aumenta e só depois percebo que não estava respirando (hahaha... sempre quis escrever isso em uma resenha). Fiquei tão animada com esse livro que quero a continuação logo, confesso que foi divertido e frustrante ler um livro que não sei o que está acontecendo, é uma leitura às cegas.










É até difícil dizer se gosto ou não dos personagens já que não sei muito sobre eles, a história está bem construída e apesar do ritmo lento no começo é impossível não se envolver. Enquanto lia me peguei questionando sobre mim mesma, se estive nessa situação, será que iria gostar de quem eu sou? Na medida que vão descobrindo quem são, Charlie começa a formar uma ideia dela mesmo que não é a mesma que Silas tem dela e vice versa. Eles começam a odiar quem eles são e até se referem a eles próprios na terceira pessoa.

O livro nos faz parar para pensar sobre nós mesmos. Será que a minha personalidade é realmente o que eu queria como minha imagem? Você começa a questionar suas ações e escolhas que te moldaram no que você é hoje. 


"Nunca Pare. Nunca Esqueça." 

 
Infelizmente não posso contar muito mas tudo começa a desmoronar de verdade quando a cartomante tira uma carta de tarô em branco, mas naquele baralho não existe cartas em branco. Silas e Charlie ficam desesperados com essa descoberta, eles estão tentando mas as coisas só se complicam e acreditem se complicam de verdade, a prova disso são as últimas páginas que me deixaram louca da vida com uma carta que Silas encontra. Nunca li nada das autoras mas adorei a forma como elas descreveram os sentimentos dos personagens, não é meloso pelo contrário é real e bonito. 
  
Gente, difícil resenhar um livro que não posso contar nada sem revelar acontecimentos importantes, de verdade nunca imaginei que me envolveria tanto com essa história que é um verdadeiro quebra-cabeça, agora é aguentar pelo lançamento do segundo livro.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...