[RESENHA] Acima de Nós


2015 foi um ano de ótimas leituras, gostei muitos dos livros que li mas o último foi especial. Especial por ser uma história sincera, delicada e inspiradora. Acima de Nós é um livro lindo em todos os sentidos. Como gostei muito do livro, a resenha acabou atrasando, foi difícil alinhar tudo o que pensei e senti durante a leitura, mas chega de conversa... Vamos a resenha!


Autora: Tais Cortez // Ano: 2015 // Páginas: 302 // Editora: Ágape // SKOOB 
ONDE COMPRAR





Quando fiquei sabendo que vinha mais um livro da Taís Cortez já fiquei animada, já que a autora me surpreendeu de forma positiva com seu livro O Último Homem do Mundo (RESENHA AQUI), me preparei para esta leitura mas não imaginava que seria tão impactante, pois como a autora disse: neste livro está presente o seu melhor: o dom de escrever e o de pregar o evangelho. Dessa vez ela nos apresenta à Laura e ao Rafael, duas pessoas que não possuem nada em comum.



A vida de Laura não foi fácil, perdeu os pais prematuramente e mesmo morando com a tia ela passava por muitas dificuldades. Mesmo com muitas perdas em sua vida ela conseguia ser forte, mas sua força não vinha dela, vinha de sua fé e de seu amor por Deus. Seu sonho era terminar os estudos e ingressas na faculdade e para isso ela estudava muito, Laura era recepcionista em um hospital e conquistava a todos com sua alegria. 





Rafael é um jovem que sempre teve de tudo em sua vida, amado e mimado pela família vê sua vida dos sonhos ir embora após um momento trágico. Seu pai decide que é hora do filho saber o que é responsabilidade, sem experiência, o único trabalho que Rafael consegue é como auxiliar de limpeza em um hospital, ele só não esperava uma mudança de 360º em sua vida.


De início parece um romance comum, mas não é. A autora traz uma história de amor e redenção através da palavra de Deus e mostra a importância de confiarmos nas pessoas, acreditar que uma pessoa pode mudar é difícil mas também é possível. É impossível ler Acima de Nós e não se sentir tocado, em vários momentos após as falas de Laura eu parava para pensar em suas palavras que me tocavam profundamente, fosse nos momentos bons ou ruins. 

A autora conseguiu construir uma história incrivelmente real, os personagens são tão verdadeiros em seus sentimentos e atitudes que cheguei a pensar se não seria baseado em uma história real. Não só acompanhamos como sentimos o amadurecimento dos personagens mas como cada coisa acontece no momento certo, nem antes e nem depois. Uma das coisas que mais gosto nos livros da autora é que ela não esquece dos personagens secundários e sempre cria desfechos impressionantes.





Em um mundo tão cheio de violência como este que vivemos este livro surge para nos lembrar do amor de Deus por nós, do amor que sentimos um pelos outros e de sempre confiarmos no Deus que está acima de nós. Tente não contar muito da história para não estragar a leitura, mas posso confirmar que é um livro cheio de reviravoltas e de momentos emocionantes. Um livro enriquecedor e inesquecível Preto de copas (cartas)                                                                             



[RESENHA] O segredo das runas - A Escolha de Uma Valquíria






Autor: Ano: 2015 / 
Páginas: 422 / Editora: Chiado Editora / SKOOB

Classificação 


O atentado do dia 11 de setembro entrou para a história como a maior ofensiva terrorista já registrada. Em resposta, o governo americano implantou austeras medidas para erradicar este mal do novo milênio. Com o medo assolando as ruas e o clamor por justiça sendo bradado a plenos pulmões pelas massas, a passional doutora Sophie Campbell teme pela convocação de sua irmã, a oficial das forças aéreas americanas, Claire Campbell, a uma guerra despropositada. Sem argumentos convincentes o suficiente para arrefecer o nacionalismo palpitante no coração de sua irmã, Sophie pede conselhos ao seu sábio tio, dono de uma ilustre livraria, que lhe indica um misterioso livro nórdico: “A Escolha de Uma Valquíria”.

Sem entender o motivo da inusitada indicação, a médica inicia a controversa leitura e aos poucos vai se identificando com os questionamentos e as emoções da poderosa valquíria Arthenis, que também se via com o espírito atormentado, buscando por respostas perante o inevitável mal que se aproximava. Sem conseguir se lembrar do passado que lhe fora tomado, a valquíria vagava em meio a nebulosas incertezas até o Ragnarok, o crepúsculo dos deuses, o fim dos tempos para a civilização viking.

 
Sentindo seus corações conexos, Sophie imerge no universo fantástico da mitologia nórdica, desbravando uma empolgante jornada épica ao lado de Arthenis. Porém, o que ambas não sabem é que tais mundos distantes podem ser apenas reflexos de uma única realidade.


As areias escorrem na ampulheta do tempo para que Sophie impeça sua irmã de uma arriscada empreitada militar e para que Arthenis alcance sua salvação no fatídico Ragnarok.









Qual livro nacional de literatura fantástica tenho a obrigação de ler? O segredo das runas - A Escolha de Uma Valquíria, sem sombra de dúvidas. O livro narra paralelamente a história da valquíria Arthenis e da médica Sophie. Quando começa a ler o livro que seu tio indicou, A Escolha de Uma Valquíria, Sophia começa enxergar naquelas páginas o quanto aquela história pode ajudar em suas decisões e na sua relação com sua irmã mais velha que pretende ir para guerra mesmo com um filho pequeno.


Athenis é uma Valquíria, uma guerreira que percorre os campos de batalha em busca dos guerreiros mais valiosos, estes são escolhidos por Odin e depois encaminhados para o Valhala. A grande diferença entre Sopia e Arthenis ambas lutavam por aquilo que amam, mas após conhecer Albrecht, a guerreira do panteão de Odin começa a questionar se os motivos que a levam para a batalha são os corretos. Na luta pela salvação no Ragnarok esbarramos com os deuses do Olímpo Thor, Loki, Freya, Odin e todos os outros que estão prontos para a luta.







Há muito tempo que não lia uma história tão bem elaborada, a escrita fluída e simples faz você ler por horas, apesar de serem duas histórias em nenhum momento você fica perdido ou confuso, pelo contrário, o autor faz aquilo que parecia impossível misturar drama e mitologia nórdica com riqueza. Não existem floreios nem palavras desnecessárias na narrativa do autor, os diálogos, as cenas de batalha e as descrições dos reinos de Asgard são precisas e com detalhes suficientes para criar a imagem perfeita em nossas mentes. O final é incrível e sem pontas soltas, deixando o coração do leitor acelerado, não é só pelo Ragnarok que se aproxima mas pelas escolhas que nossas personagens terão que fazer.


Sabemos que a literatura fantástica é muitas vezes vista com desconfiança e se for nacional pior ainda, mas Caio Rodrigues Alves conseguiu fazer magia com sua escrita, O Segredo das Runas precisa alcançar cada vez mais leitores para que estes possam viajar pelos mundos que o autor criou. Aos iniciantes em mitologia nórdica peçam para não se preocuparem pois o livro possui um glossário com alguns nomes e significados. Super recomendo que embarquem nessa dramática e fantástica aventura de 400 páginas. Não irão se arrepender :)



 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...