[RESENHA] U'Yara - Rainha amazona




Lugar de mulher é na... Tribo Og. 
Isso mesmo! Porque lá os homens servem apenas para serviços como varrer, limpar e catar piolhos. É nesse lugar que nasce U’Yara, uma garota destemida cheia de ideias pioneiras e boas intenções que, para se tornar rainha, vai ter de engolir muito sapo – ou outro animal qualquer lá da Amazônia.Haja ternura para lidar com os desmandos de Murumu’Xaua, com crenças imutáveis e ultrapassadas e planos terríveis para tirar-lhe o direito ao trono.U’Yara terá de aprender a lidar com o querer de um povo, a mudar tradições arraigadas demais em pensamentos acomodados e, principalmente, a equalizar diferenças promovendo a igualdade, porque, para isso, vale a pena ser a rainha amazona.


Autora: Margarida Patriota // Ano: 2015 // Páginas: 141 // Editora: Saraiva // SKOOB




U' Yara, a guerreira, nasceu na Tribo Og um lugar no meio da floresta Amazônica onde quem liderava eram as mulheres. Elas governavam, caçavam, pescavam e lutavam, os homens tinham tarefas especificas como varre o chão, catar piolhos... tudo pensando na qualidade de vida deles que eram visto como serem frágeis. A mãe de U’Yara morreu logo após seu nascimento e ela foi criada por sua tia Murumu’Xaua que criava as mais difíceis tarefas para a princesa. Logo cedo a jovem desenvolveu formas de lhe dar com os desmandos da tia, aprendeu até suportar a dor. Sua maior alegria era quando podia aproveitar o dia no lago junto de seu amigo.

Mesmo triste com a ausência do amigo a jovem U’Yara de posse de seus 14 anos assumi de vez o trono que estava guardado para ela. Como toda adolescente ela aproveita para desfrutar da boa vida que a tia não permitiu que ela tivesse, mas como o passar do tempo ela começa perceber que a tribo Og não funcionava tão bem assim.



U’Yara tinha um amor muito grande por seu pai e ele por ela, mas como havia se casado com sua mãe de leite ele foi obrigado a viver distante da aldeia, e contrário do que conhecemos ser/ter pai não era importante, mais para U’Yara era. Ter o pai por perto era seu maior desejo, mas foi fortemente recusado pelas anciãs. Tomada de coragem e delicadeza ela decide que as coisas precisam mudar, mesmo com pouca idade ela via a vida de outra forma, para ela homens e mulheres deveriam ter os mesmos direitos.

O livro U'Yara Rainha amazona é como nossa floresta rica, bela e precisa ser preservada com amor e carinho, mesmo com a sinopse em mãos não imaginei uma leitura infantil tão rica como esta, a autora nos presenteia com uma história que nos levar a refletir sobre os direitos das mulheres e dos homens também. Afinal, como seria o mundo se os homens fossem submissos?? Iniciando seu projeto de mudanças U’Yara percebeu que até mesmos os homens não desejavam que elas ocorressem, seja por costume, medo e até mesmo por acharem que mereciam a vida que tinham.




Nas entrelinhas é visível a história das mulheres durante os séculos mas tendo os homens como protagonistas e devo admitir que nenhum e nem o outro é belo. Margarida Patriota traz um livro que precisa chegar aos nossos pequenos e grandes leitores e agora sonho que ele seja trabalhado em todas as escolas.

Uma leitura leve recheada de humor e reflexões, e para melhorar... Podemos sentir o farfalhar das árvores, ouvir o canto dos pássaros e o uivar do vento, além de correr por entre folhas e galhos e tudo graças a delicada e emocionante escrita da autora que nos insere no meio da natureza. Dois detalhes me chamaram a atenção: primeiro o dialeto criado para a tribo Og e segundo as ilustrações que são lindas, na verdade a diagramação é perfeita.

Será que indico esse livro?? CLARO!!!
Jéssica, é um livro infantil e acho que você falou tudo na resenha... NÃO!!
Acredite existe muito, muito mais nessas 141 páginas. Venha, vamos logo para a Amazônia ;)










 

18 comentários

  1. Olá Jéssica, eu não conhecia a obra...parabéns pela sua resenha!

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  2. Parece uma história MUITO boa, não conhecia, mas fiquei extremamente interessada nessa visão da tribo Og!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que livro lindo, já necessito.
    Achei a ideia da autora muito bacana, parece ser realmente uma história incrível.

    Beijos
    ummundochamadolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oii!
    O livro parece muito legal! Parabéns pela resenha!

    Bjs, Vitória
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bem? Não conhecia as autoras e achei o enredo excelente, tem tudo pra ser um livro perfeito. Fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto de leituras que nos obrigam a refletir. Ainda não conhecia o livro, mas acho que pode ser uma boa leitura para sair da minha zona de conforto.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, gosto de livros com essa temática, e parece ser uma leitura muito inteligente e simples! Bjkas

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Sempre me impressiono com a profundidade dos livros infantis, e esse realmente nos faz pensar e refletir sobre nossa sociedade. Foi uma forma legal e inteligente de abordar a questão da igualdade de sexos
    Beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Hi baby, tudo bem? parece ser um livro muito legal e fundamental para as crianças (e nós adultos também kkk) adoro livros sobre os índios, não apenas porque sou descendente deles mas porque sei que a cultura deles é tão rica que tem muito o que se mostrar! essa representatividade feminina nessa obra também conta muitos pontos ;) adorei a resenha, pretendo ler

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Oieee

    que post lindo, parece fundamental para as crianças, super apoiei o post!!!!
    acho que é muito bom ler ara conhecer um pouco mais sobre o nosso mundo sabe, principalmente os indios que contam MUITO sobre o nosso pais!!!

    beijocas

    ResponderExcluir
  11. Oi! Tudo bem?

    Nossa, que resenha gostosa de ler! :) Não conhecia a obra e adorei a premissa. Uma tribo liderada por mulheres? Quero! rsrs Adorei toda a carga reflexiva que a obra pode conter... E como você disse que existe muito mais a ser descoberto, quero a obra pra ontem!!

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  12. É um livro infantil com ótima reflexão para os adultos. Falar sobre sociedades matriarcais e patriarcais é importante para crescermos com seres humanos. Vivemos numa sociedade patriarcal e sabemos o quanto há de opressão nela. O ideal mesmo é termos uma sociedade justa e igualitária.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oiiie
    livros infantis são sempre bem vindos, eu adoro e sempre servem para qualquer idade, este está com um enredo bem interessante, gostei da dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Ei, tudo bem?
    Adorei a proposta do livro, invertendo o papel do homem com o da mulher na história. Além de trazer outros temas bem legais. Ótimo para gente ler, e principalmente os adolescentes. Excelente dica!

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  15. Oiee,
    Eu tenho muita curiosidade de livros que se passem na floresta amazônica, achava uma vontade estranha porque nunca sabia se tinha livro que se passe lá. Agora sei que tem e super quero!

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Interessante esse livro e bem diferente, não li nenhum livro em que a história se passasse na floresta Amazônia e gostei muito da sua resenha. Fiquei curiosa para saber mais.

    Beijos!
    lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Gente, que indicação fabulosa e eu estou honrada pela lembrança, realmente gosto de indicar livros de produzir apostilas e colocar sugestões de livros para os alunos e fiquei muito feliz com essa indicação. Mas feliz por você, com tanto carinho, ter me mostrado o link, vou indicar a resenha lá na fanpage do Poesia na alma e Mulheres na literatura. <3

    ResponderExcluir
  18. Oiee, tudo bem?

    Um livro infantil super bacana para as crianças! Achei bem bacana, principalmente por falar da Amazônia e dos índios. Hoje em dia as crianças não se interessam muito pela história do Brasil, essa é uma ótima oportunidade

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...