[SÉRIE] The Last Ship


Ta aí uma série que me surpreendeu!


Quando meu namorado me apresentou a série achei que não daria em nada e que provavelmente nem terminaria a primeira temporada. Uma série que a maior parte do tempo é um navio? Sério? O que pode acontecer de tão legal?? Foi o que me perguntei, mas o amor falou mais alto e para manter a relação comecei assistir mesmo desconfiada. Depois de 3 episódios... Ok, dá pra assistir, mas o que fazer quando no dia seguinte você descobre que sua mãe virou a noite assistindo e que segundo ela é muito boa... Correr para TV e que comece a maratona de The Last Ship ... Só lembrando que minha família é toda de seriadores do tipo viciados mesmo e quem me levou para esta vida foi minha própria mãe kkkk.




Só agora que fui pesquisar mais para fazer o post e descobri que a série é a adaptação de um livro de 1988 escrito por William Brinkley. Afastados de tudo que está acontecendo em terra eles passam a fazer parte do pequeno grupo de sobreviventes, a tripulação do USS Nathan James precisa descobrir uma forma de sobreviver depois que boa parte da população da Terra é dizimada pelo vírus. A forma de contagio é pelo ar fazendo com que a epidemia se espalhasse rapidamente e se transformasse na pior crise de toda a história da humanidade desde a peste a negra. Como se não bastasse o surgimento de um navio Russo traz novos problemas, além da procura pela cura terão que lutar para que tudo o que foi descoberto não caia em mãos erradas, proteger a Dr. Scott e a pesquisa passa ser a principal missão.

Com uma tripulação de mais de 200 pessoas o Nathan James passa a ter seus próprios conflitos. Todos no navio começam a questionar o que realmente está acontecendo e a luta pela sobrevivência passa a ser um problema de todos. A série dá um show quando se trata de momentos de tensão, é daqueles que fazem você roer todas as unhas e até prender a respiração sem perceber. 



Tom Chandler (Eric Dane) o capitão do navio protagoniza as cenas mais importantes, o peso das decisões de difíceis, é íntegro, determinado e a postura que o personagem assume em todos os momentos nos faz admira-lo, sem esquecer a atuação do ator que está muito boa e para quem acompanhou o início de Grey’s Anatomy irá reconhece-lo. São muitos personagens e cada um muito forte e leal ao capitão e aos EUA. As mulheres tem bastante destaque, não é só a Dra. Scott que é importante para história, a tenente Kara Foster é um dos personagens mais forte e muito importante par ao funcionamento do navio.

Como toda boa série existe o peso das perdas, sim, é muito triste ver companheiros morrendo, a incerteza de como será quando chegarem em terra, se os amigos e familiares estão bem. Em muitos momentos só conseguia pensar “Não morra, não morra,”, “Aí meu Deus vai morrer”, “Ufa! Voltou vivo”, “Não acredito que morreu” e assim sobrevive as duas temporadas, entre lágrimas e sorrisos.



Primeira Temporada
A primeira temporada é extremamente tensa com a busca pela cura e o navio Russo no rastro do Nathan James. Muitos acontecimentos são inseridos já na primeira temporada e não tem aquilo de ficar fazendo mistério até os últimos episódios muitas coisas são apresentadas logo de início, por exemplo: já é possível saber como e onde o vírus surgiu. Nem tudo acontece só no mar, muita coisa também acontecem em terra e nesse momentos as cenas de combate são o destaque.


Segunda temporada
Só para começar... A abertura fica mais bonita e elaborada. A trilha sonora recebe mais destaque que na primeira, resumindo: muita coisa melhora na segunda temporada. Dessa vez temos um submarino na cola do Nathan James, na cola de verdade e isso gera muitos problemas. O núcleo em terra recebe mais destaque após o surgimento de uma seita onde os membros acreditam serem os escolhidos. Nessa segunda temporada o lado humano dos personagens é mais explorado e o dever com a humanidade é colocado em dúvida muitas vezes. 




Gente, eu realmente estou maravilhada por esta série e super ansiosa pela terceira temporada, e fiquei surpresa por não ter visto falar dela pela blogosfera. É certo que muita coisa louca pode acontecer em um navio, somos mais frágeis do que pensamos e infelizmente mesmo diante de uma pandemia global o ser humano pode ser perverso e extremamente egoísta, ou seja, a série traz aquilo que temos de pior e de melhor. Fala de esperança e da importância de lutar por um futuro por pior que ele pareça.

Se estiver cansado de história de pandemias/ e tudo mais sugiro que dê uma chance para The Last Ship, eu leio e assisto muitas séries e filmes com essa pegada e mesmo assim me surpreendi. PARA TUDO... A season final é destruidora e conseguiu criar uma expectativa enorme sobre os próximos acontecimentos. Precisa de mais alguma coisa?
Precisa? Ta bom, assista pelo tenente Danny Green, vale a pena :D


 
É isso galera, espero que tenham gostado do texto que ficou gigante mas foi impossível escrever menos que isso. Super recomendo e assim que chegar a terceira temporada vou vir correndo contar sobre ela para vocês ;)




16 comentários

  1. Oi Jéssica, tudo bem?
    Já ouvi falar muito sobre essa série, mas como acompanho muitas ao mesmo tempo, ainda não tive a oportunidade de assistir a algum episódio para ver se me identifico. De qualquer maneira acho que é bem o meu estilo e pretendo ver em breve.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Hey!
    Nunca tinha ouvido falar dessa série acredita? Me lembrou um pouco The 100 e por isso me senti bem interessada, adoro essas coisas hahaha. Pena que agora ando tão sem tempo e pra completar estou cheia de séries atrasadas :P Flores no Outono

    ResponderExcluir
  3. Que legal você ter dedicado uma postagem pra falar sobre esta série. Eu estava em dúvida quando a ela. Lendo seu post com certeza vou acompanhá-la!

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Caramba não conhecia essa série e estou com vontade de conhecer. Cara com assim sua mãe que te levou para este mundo?! ahsuahsuah Adorei a resenha da série. - Joanna Amaro.

    ResponderExcluir
  5. Já vi alguns episodios perdidos, mas nunca acompanhei, infelizmente. Mas agora me animei pra seguir cada episodio e me jogar de cabela em The Last Ship! \o\ Ah, aqui a familia toda é de seriadores também, heheheh. E meu pai assiste esta serie! xD \o\
    Beijao!

    ResponderExcluir
  6. Jéssica, já me ganhou!
    Eu nunca tinha ouvido falar sobre essa série, mas seu post já me convenceu.
    "mas o amor falou mais alto e para manter a relação comecei assistir" - ahahahahaha... eu ri.

    Vou procurar e me afundar nesse navio! rsrs

    Adorei!


    Beijos!

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
  7. eu gosto da temática abordada e fiquei curiosa pra assistir, confesso que não conhecia... anotei a dica e assim que tiver um tempinho, verei... ^^
    bacana sua familia amar séries hehehe

    ResponderExcluir
  8. Jéssica, adorei saber que sua mãe te viciou em séries! Minha mãe não consegue ficar sentada assistindo TV, ou ela acaba dormindo ou ela perde a paciência e vai fazer outra coisa - a mesma coisa com livros. Eu já tentei várias vezes viciar ela no Netflix, mas minhas tentativas sempre foram um fracasso.

    Não tinha escutado falar dessa série e achei bem intrigante a história. Vou deixar anotada aqui na minha listinha. Até porque eu acho que veria qualquer série com o McSteamy <3 hahahha

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  9. Olá Jessica! Eu adoro toda a temática dessa série, curto muito essas pegadas militares, mas ainda não assisti The Last Ship por falta de tempo uma lista enorme de séries inacabadas rsrs... Mas, sempre tem um feriadinho ou outro para maratonar, não é mesmo? ;D

    umreinomuitodistante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amor também curte séries nesse estilo e sei que se ele ver essa, vai querer que eu veja com ele, já estou vendo a cena... O texto ficou ótimo e dinâmico, apesar de grande, curti muito.

    ResponderExcluir
  11. Oi!!
    Ainnn, eu amo essa série <3
    Eu estou ansiosa pela terceira temporada também, o legal dessa série é que tem muita ação, não dá para não se envolver e torcer pelos personagens, os episódios são tensos.
    Beijão!
    Lilica - O maravilhoso mundo da leitura

    ResponderExcluir
  12. Acho essa série maravilhosa, pena que ficou pouco conhecida. Estou aguardando a próxima temporada! :D

    ResponderExcluir
  13. Ei, tudo bem?
    Eu não conhecia a série, e confesso que por você ter falado tão bem sobre ela, eu fiquei muito interessada em fazer uma maratona também. Não é bem o meu estilo de história, mas não custa nada dar uma chance. Assistirei em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Nunca ouvi falar da série, até agora..rsrs
    Pelo que contou faz muito meu gênero, gosto dessa temática, vírus que destruirá a humanidade se não encontrar a cura. Corrida contra o tempo, etc. Gostei, vou dar uma chance pra ele.
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  15. Olá!!

    Não conhecia essa série!! Me agradou, parece ser legal, mesmo sendo sobre navio e essas coisas que não curto tanto assim, por outro lado amo essa coisa de vírus decimando a humanidade rs

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  16. Wow, não conhecia a série, mas fiquei muito animada pelo enredo! Mais uma anotada na minha listinha de séries para assistir. rs

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...