[RESENHA] Nunca jamais


Você pega o livro para ler achando que não vai gostar porque foge daquilo que você realmente gosta de ler... A história até que é legal... Aí você começa a gostar muito... Gostar pra caramba ... A coisa começa a complicar .... As páginas vão acabando... O desespero aparece ... Duas páginas... Tem muita coisa para acontecer ... E nesse ponto (última página) EU SURTO!!!!!!! Já vou falar logo, é uma trilogia e fiquei muito fula da vida quando descobri isso... Uma coisa é começar um livro preparada sabendo que terá continuação, mas descobri na última página é muito sofrimento... Não estava preparada!


Ano: 2016 // 
Páginas: 192 // Editora: Galera Record






Bem... Agora que desabafei posso começar a resenha rsrs.


Imagine que de um momento para o outro você despertasse para um mundo no qual você não lembra de nada, nem mesmo do seu próprio rosto? Isso aconteceu com Charlie e com Silas. Charlie se esforça para agir naturalmente e tentar pinçar entre seus amigos da escola quem é ela. Aos poucos descobre ter vários amigos e um namorado, Silas, mas nada disso ajuda a trazer sua memória de volta. Observando Silas na cadeira ao lado ela percebe que ele está tão desorientado quanto ela e parece estar na mesma situação, e nesse ponto a história começa ficar misteriosamente estranha.

 
Eles simplesmente não lembram de nada, lembram dos programas de TV, dos atores, de músicas e até como dirigir mas não reconhecem os próprios rostos. O mais louco de tudo isso é que vamos descobrindo junto com eles já que um capítulo é narrado por Charlie e outro por Silas. Eles são amigos desde crianças, são namorados e por algum motivo as famílias de ambos se odeiam.


"Meu primeiro instinto é dizer a ela que vai ficar tudo bem, que eu vou descobrir o que aconteceu. Sou inundado com uma necessidade esmagadora de protege-la – só que não tenho ideia de como fazer isso quando estamos ambos enfrentando a mesma realidade."


Durante a leitura pensei que fosse ficar maluca com tantas interrogações na minha cabeça... e na deles também. Apesar das perguntas, não tenho respostas, o mistério aumenta, e a cada descoberta sobre a vida deles surgem novos questionamentos, a adrenalina aumenta e só depois percebo que não estava respirando (hahaha... sempre quis escrever isso em uma resenha). Fiquei tão animada com esse livro que quero a continuação logo, confesso que foi divertido e frustrante ler um livro que não sei o que está acontecendo, é uma leitura às cegas.










É até difícil dizer se gosto ou não dos personagens já que não sei muito sobre eles, a história está bem construída e apesar do ritmo lento no começo é impossível não se envolver. Enquanto lia me peguei questionando sobre mim mesma, se estive nessa situação, será que iria gostar de quem eu sou? Na medida que vão descobrindo quem são, Charlie começa a formar uma ideia dela mesmo que não é a mesma que Silas tem dela e vice versa. Eles começam a odiar quem eles são e até se referem a eles próprios na terceira pessoa.

O livro nos faz parar para pensar sobre nós mesmos. Será que a minha personalidade é realmente o que eu queria como minha imagem? Você começa a questionar suas ações e escolhas que te moldaram no que você é hoje. 


"Nunca Pare. Nunca Esqueça." 

 
Infelizmente não posso contar muito mas tudo começa a desmoronar de verdade quando a cartomante tira uma carta de tarô em branco, mas naquele baralho não existe cartas em branco. Silas e Charlie ficam desesperados com essa descoberta, eles estão tentando mas as coisas só se complicam e acreditem se complicam de verdade, a prova disso são as últimas páginas que me deixaram louca da vida com uma carta que Silas encontra. Nunca li nada das autoras mas adorei a forma como elas descreveram os sentimentos dos personagens, não é meloso pelo contrário é real e bonito. 
  
Gente, difícil resenhar um livro que não posso contar nada sem revelar acontecimentos importantes, de verdade nunca imaginei que me envolveria tanto com essa história que é um verdadeiro quebra-cabeça, agora é aguentar pelo lançamento do segundo livro.



18 comentários

  1. Oi, como vai?

    Amnesia pode ser inclusive irregressível e isso é muito intimidador, pois, nenhum de nós (Deus nos proteja dos mau presságio) Não conhecia a trilogia e venho expressando isso com frequência nas resenhas que venho lendo de uma serie e outra. Não tenho paciência para aguardar a continuação (no caso o volume três) além disso, muitas histórias parecem estar sendo esticadas feito elástico e isso me irrita um pouco.( Não estou me referindo a esta aqui), pois toda regra tem sua exceção. Quanto ao livro aqui mencionado; a premissa me parece muito interessante, e quero ler, mas somente após o volume três estar no mercado, em alemão ou português, porque o meu inglês, sou eu entendo. rsrsrs
    Obrigada pela dica!

    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  2. Oiii Jéssica, tudo bem?
    Realmente gostei muito da sua resenha e não sabia exatamente do que o livro se tratava, além disso a obra entra nas obras que eu realmente leria pela tal curiosidade, gostei do enredo e estou louca para descobrir esse mistério.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. sei como é a sensação de resenhar algo que não se pode dar muita informação sem soltar spoiler... =T mas enfim...
    sobre a premissa, desde que vi o livro fiquei curiosa, mas como nunca li nada da autora, tenho receio de não curtir...
    mas ando precisando de um bom mistério, acho que seria uma boa ler Nunca Jamais...
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Jéssica, super compreendo o seu desabafo kkkk o pior é quando o livro deixa muitas interrogações e não tem continuação. É bom e ruim livro tão inquietantes como este. Mas, eu vou deixar passar a dica. Beijooo

    ResponderExcluir
  5. Duas coisas sobre esse livro, curiosa para ler por que é a fofa da Colleen Hoover e segunda quero ver como ela e Tarryn Fisher era conduzir essa história, a premissa é muito boa e como vc destacou teve um bom rendimento. A espera pela continuação sempre é desesperador. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Só tenho ouvido coisas boas sobre esse livro, o que me deixa sempre curiosa para le-lo. Deve fazer mesmo a gente refletir sobre a vida, vendo estes personagens que acordam de um dia pro outro sem memória alguma. Tenho muita vontade e ler e espero poder ler este livro logo logo.


    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  7. Preciso ler alguma coisa da Collen... Essa mulher destrói as pessoas rsrs no momento estou de olho na maldição do tigre... Beijo! ❤

    ResponderExcluir
  8. Vejo sempre resenhas bacanas sobre este livro, mas ainda não tive coragem de me aventurar na escrita leve e ligeiramente juvenil da Hoover. Esse tem uma história até interessante, essa coisa de perder a memória ao mesmo tempo, mas ainda assim não me fisgou de jeito. Acho que vou esperar pra ver as continuações e saber se rola uma tentativa ou não. ;)

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?

    Tô há um tempo querendo ler algo da Hoover, mas não sei por qual narrativa começar haha. Muita gente tem falado muito bem de Nunca Jamais, e confesso que essa trama me deixa curiosa, especialmente porque fico relacionando esse tipo de coisa com a minha vida. Quão bom e ruim seria acordar sem se lembrar de quem é, né? A gente nunca sabe das consequências e isso me intriga. Gostaria de saber mais sobre isso a partir desse mundo deles. Seria bem proveitoso. Pelo que sei, não é um 'único livro, né? Acho que têm mais, não?

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá, eu li esse livro faz algum tempo e mesmo com um pouco da enrolação da autoras eu me apaixonei pela forma que elas me mantiveram presa na leitura *-* Em breve espero ler o próximo livro da trilogia *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  11. Oi Jéssica.
    Que bom que curtiu a leitura.
    Algumas conhecidas minha leram e não curtiram, o que me deixou bem desanimada em le-lo. Além de não ser bem um estilo que me agrada.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Jéssica! Amei sua resenha! Fiquei curiosa para ler esse livro. Tipo, por que perderam a memória? O que vai acontecer depois...Fiquei curiosa agora, sério...Vou ler, beijos!
    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  13. Oie
    eu li o livro e infelizmente não curti muito apesar de amar a collen mas senti falta de muita coisa no livro mesmo que venha a ter continuação, senti meio que uma enrolação sabe?

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. O primeiro livro me deixou animada. Eu não me aguentei e baixei os epubs do 2 e 3. E fiquei bem decepcionada. No fim, pareceram que as autoras cansaram da própria história.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  15. Oie Jéssica, tudo bem? Eu tive a mesma reação que você ao ler o livro e ele me encantou igualmente, estou desesperada pelos próximos!

    ResponderExcluir
  16. O povo está tecendo tantos elogios sobre esse livro que fiquei curiosa, lendo a sua resenha mais ainda, preciso saber o que aconteceu com eles. Agora fico imaginando pra que raios fazer mais de um livro se esse só tem 190 e poucas páginas, só pra fazer o povo sofrer e esperar mais por uma história que poderia ter sido feita em um livro só de mais de 300 páginas. Enfim, se tiver a oportunidade lerei sim.

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Manina, estou cada dia mais curiosa para conferir essa obra...será que eles irão recuperar a memória no final da série???

    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Ah! Essas leituras meio as cegas, que nos fazem questionar o tempo todo, me fascinam! :D Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler a obra. Mas, mais que interesse na obra, fiquei curiosa sobre como se dará o final! :D
    Beijo

    ResponderExcluir

Olá!
Sua opinião é muito importante para mim.
Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu retribuir a visita.
Obrigada :D
Beijos Jéssica Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...